Porto de Maceió começa operação de exportação de minério de cobre para a China

Mais de 40 pessoas estão trabalhando no carregamento do navio, que fará o transporte de 10,5 mil toneladas pelo oceano

Nesta semana, a operação de exportação de minério de cobre de Alagoas para a China começou a ser feita pelo Porto de Maceió. Anteriormente, a ação era realizada no porto de Sergipe, mas, devido a uma negociação, a nova administração chegou a esta nova solução, permitindo o embarque local.

A carga é de responsabilidade da Vale Verde, empresa instalada no município de Craíbas, no interior de Alagoas, e pertence ao Grupo Appian Brazil. Ao todo, 45 pessoas estão trabalhando no carregamento do navio, que fará o transporte de 10,5 mil toneladas pelo oceano.

O administrador do Porto, Dagoberto Omena, afirmou que a operação cria um novo cenário de negócios em Alagoas. “Não tinha lógica que uma operação de extração deste porte e feita dentro do nosso estado não seja escoada por aqui, com o nosso porto disponível e com toda estrutura. Conseguimos então atrair a operação para o Porto de Maceió para o fornecimento desse serviço, mostrando quais vantagens nós temos, inclusive, com economia da mineradora no deslocamento rodoviário", disse.

Ainda segundo Omena, a previsão é que um navio com a mesma quantidade de minério chegue ao Porto a casa dois meses. "Desde o início da operação eles estavam estocando o cobre em dois galpões nossos e agora estamos acompanhando a primeira exportação desse cobre para China."

Já o deputado Sérgio Toledo destacou que a importância do cobre para a revolução energética com a alta demanda dos veículos elétricos, menos poluentes e mais eficazes para o meio ambiente.

*com informações da assessoria.

No mês passado, as exportações alagoanas movimentaram US$ 35,3 milhões, um crescimento de 5% - Foto: Assessoria