Para discutir proposta do governo de AL, policiais penais se reúnem em assembleia nesta quinta

Policiais penais estão em greve desde o fim de agosto e reivindicam melhores condições de trabalho e reposição salarial

Após quatro dias da determinação judicial que encerrou a greve dos policiais penais, uma reunião entre o Sindicato dos Agentes Penitenciários, Servidores e Trabalhadores do Sistema Prisional de Alagoas (Sinaspen/AL) e a Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (SERIS) aconteceu nesta quarta-feira (22), a fim de construir uma proposta que entrasse em acordo com as solicitações do governo de Alagoas.

Segundo o presidente do Sinaspen, Vitor Leite, uma assembleia geral será realizada na próxima quinta (23), onde a proposta será debatida com a categoria e, caso seja aceita, as atividades serão retomadas. "Se tudo ocorrer dentro do prazo, a gente continua nas atividades, logicamente cobrando aquilo que achamos ser necessário para que o sistema prisional funcione dentro da legalidade."

Vitor ainda informou que a assembleia acontecerá na penitenciária masculina Baldomero Cavalcanti de Oliveira, localizada no bairro Tabuleiro dos Martis, às 9h30.

Os policiais penais estão em greve desde o fim de agosto e reivindicam melhores condições de trabalho e reposição salarial.