OAM lança Projeto Praia 10 Lixo Zero para conscientizar população

Iniciativa vai promover 'blitze' na orla da capital, distribuindo sacolas biodegradáveis

A Organização Arnon de Mello (OAM) lançou, nesta quarta-feira (25), durante café da manhã, o Projeto Praia 10 Lixo Zero, que tem o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da destinação correta do lixo nas praias do estado, mudando hábitos e fazendo com que os resíduos sejam descartados em locais corretos, longe das areias e da água do mar.

A iniciativa, que faz parte das comemorações dos 20 anos da TV Mar, vai promover, durante dois fins de semana, ações de conscientização dos moradores locais e dos turistas nas orlas da capital. A primeira blitz vai ocorrer neste domingo (29), por trás do Restaurante Barrica's, na Ponta Verde, com montagem de tendas e entrega de sacolas biodegradáveis. No dia 5, a iniciativa vai ser levada à Pajuçara. Já no dia 12, será realizado um mutirão, em parceria com os Protetores do Oceano, na Av. Assis Chateaubriand, na Praia do Sobral, com a retirada de lixo das praias.

Para o diretor-executivo da OAM, Luis Amorim, é importante que cada pessoa faça a sua parte para que, no todo, possamos obter resultados. "Sabemos que esse projeto é algo muito pequeno em meio ao universo, mas se todos adotarem esta mesma iniciativa, ela ganhará corpo de tal forma que irá trazer grandes resultados. É importante que todos nós tenhamos essa preocupação com a questão do descarte nos mares, rios e lagoas para que não tenhamos uma agressão permanente. Neste minuto, temos toneladas de poluentes invadindo os mares e afetando toda a cadeia alimentar marinha. Mesmo que paremos hoje com a poluição, os efeitos dela ainda vão se propagar por muito tempo", afirmou Luis Amorim.

O diretor comercial da OAM, Fernando James, destacou a importância de as pessoas terem sempre uma sacolinha à disposição para colocar o lixo quando forem à praia. Para ele, tudo começa com a conscientização. "Essa iniciativa é muito importante, até porque o que a gente quer para os nossos filhos e nossos netos é que eles tenham a praia que nós temos hoje, e isso tem que ser trabalhado agora", afirmou James, ressaltando que o projeto Praia 10 Lixo Zero passará a fazer parte das ações anuais realizadas pela Organização.

Fernando James destacou a importância de as pessoas terem sempre uma sacolinha à disposição para colocar o lixo - Foto: Divulgação

A iniciativa da Organização Arnon de Mello conta com o patrocínio a Prefeitura de Maceió e Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), além do apoio da Equatorial Energia, Hospital HapVida, BRK Ambiental, Via Ambiental, Alagoas Ambiental, Condomínio Angatu , Lojas Guido, Suco Prat’s, Construtora Colil e da entidade Protetores do Oceano.

Luiz Eugênio, diretor das Lojas Guido, uma das parceiras do projeto, disse que não pensou duas vezes em aderir à iniciativa, tendo em vista que ela pretende deixar as praias limpas para todos os alagoanos. "Nós apoiamos logo de início, pois pensamos: qual o alagoano que não quer ter sua praia limpa? A Guido, por ser uma empresa 100 alagoana, quer ver as praias limpas. Os projetos que a OAM lança são bem interessantes e nós queremos ver a nossa cidade melhor, porque é bom para todos", falou.

Projeto Praia 10 Lixo Zero quer conscientizar a população - Foto: Mariane Rodrigues

A coordenadora de Marketing da V2 Construções, Andreia Ramos, também elogiou a iniciativa focada no meio ambiente. "É muito bom termos projetos desse tipo, que contribuem para a sustentabilidade, para o meio ambiente. Iniciativas desse tipo sempre chegam para somar. A OAM está de parabéns por mais esta iniciativa", falou.

Rommel Mendes, idealizador da entidade Protetores do Oceano, disse que, como o grande público não tem acesso ao fundo do mar, pode ajudar fazendo a limpeza das faixas de areia, por isso a importância dos mutirões que são realizados nas praias. A entidade, que sugere soluções para as problemáticas ambientais relacionadas às praias, vai apoiar as ações realizadas dentro do Projeto Praia 10 Lixo Zero, ajudando na distribuição de materiais, nas limpezas e orientações.

Já o diretor operacional da BRK Ambienta, Hebert Dantas, disse que o objetivo do projeto é o mesmo do trabalho realizado pela BRK, que é cuidar do meio ambiente e dar mais qualidade de vida para a população. "Preservar as praias, a água, que é o nosso maior bem, é uma luta nossa de todos os dias. A BRK está com algumas ações implantadas para resolver os problemas das línguas sujas, então um projeto desse, que busca tirar outro tipo de poluição das praias, a gente não poderia deixar de apoiar. Estamos aqui para sermos parceiros e melhorar a qualidade de vida da população alagoana e dos turistas que vêm nos visitar", falou.