Morre filhote de cachorro colocado em máquina de lavar e jogado em tubulação

Oito filhotes, pai e mãe permanecem na sede do projeto Acolher para tratamento; em seguida, seguem para adoção

O filhote de cachorro resgatado após ser colocado na máquina de lavar e jogado na tubulação de esgoto não resistiu aos ferimentos e morreu nesta terça-feira (16). De acordo com a presidente do Projeto Acolher, Naíne Teles, os outros animais resgatados - oito filhotes e dois adultos - permanecem na sede da organização. 
Os animais foram resgatados no último dia 9 após moradores do conjunto Recanto das Lagoas, próximo à Ceasa, no bairro da Forene, denunciarem que a dona dos animais, que não teve o nome divulgado, teria colocado um dos filhotes dentro de uma máquina de lavar com sabão em pó. Em seguida, ela jogou o animal na tubulação. 
O cãozinho foi resgatado com vida pelos moradores do residencial em um bueiro alguns metros depois do local onde ele foi jogado. Segundo Naíne Teles, o animal estava bastante debilitado, desnutrido, com secreção nos pulmões, doença do carrapato, além de cinomose - doença contagiosa entre os cães e que atinge vários órgãos. O caso foi denunciado à Comissão do Bem Estar Animal da Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas (OAB/AL).
Ainda de acordo com Naíne Teles, os outros animais também foram diagnosticados desnutridos, com a doença do carrapato e a cinomose. Eles passam por tratamento e, em seguida, os filhotes serão disponibilizados para adoção. Já os adultos, após os tratamentos, serão castrados para serem colocados para adoção.