Mais um delegado da Polícia Civil de Alagoas morre por Covid

Cícero Firmiano é o quarto delegado a morrer após infecção pelo coronavírus

A pandemia do novo coronavírus matou mais um delegado da Polícia Civil de Alagoas. Neste sábado (17), foi confirmada a morte de Cícero Firmiano, 73 anos, que estava internado há duas semanas no Hospital Unimed, em Maceió.

Segundo o presidente da Associação dos Delegados da Polícia Civil, delegado Antônio Carlos Lessa, Cícero Firmiano trabalhou na capital e no interior, estava aposentado, e atuou na investigação de crimes cometidos durante a chamada gangue fardada, na década de 1990.

Também morreram após infecção pelo coronavírus, os delegados Antônio Vieira de Barros, Jorge Barbosa, e Israel Tavares dos Santos, os dois últimos em abril deste ano.

Alagoas registrou, na sexta-feira (16), mais 23 mortes por Covid-19 e 597 casos confirmados. O estado tem, oficialmente, 164.404 infectados e 3.921 óbitos, segundo o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).