Família denuncia demora do HGE para transferir paciente oncológico

Wilson Santos Lima, de 36 anos, recebeu alta, mas precisou retornar após fortes dores

A família de Wilson Santos Lima, de 36 anos, está lutando por uma vaga no setor de oncologia para tratamento contra um câncer. O paciente está na pós-cirurgia do Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, desde essa segunda-feira (13), e denunciou a demora para a
realização da transferência do paciente para uma unidade de saúde de referência.

O cunhado do paciente, Ronaldo Nascimento, contou à Gazetaweb que Wilson deu entrada no hospital pela primeira vez na quinta-feira (9), mas recebeu alta no sábado (11). Devido às fortes dores, ele retornou ao hospital, onde está internado desde então. “Ele não suportou as dores e pediu para voltar ao hospital. Ele alegou que estava perdendo as forças”, informou.

No entanto, logo após, a família foi informada de que o HGE não realiza o tratamento oncológico, tendo que ser feito no setor da Santa Casa de Maceió. A família de Wilson reclama da demora do hospital em realizar a transferência.

A Gazetaweb entrou em contato com o HGE para um posicionamento sobre o caso, mas, até o fechamento da matéria, não obtive retorno.