Em 24 horas, Alagoas registra morte de mais seis idosos por Covid-19

Boletim Epidemiológico aponta que estado contabilizou mais 318 confirmações da doença

Alagoas registrou, em 24 horas, mais 318 casos e seis mortes por Covid-19, conforme boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (4), pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). As novas vítimas da doença eram todos idosos, com idades entre 65 e 90 anos. 
De acordo com o boletim, com os novos números, o estado passa a contabilizar 106.032 casos de coronavírus, com 2.515 óbitos. Um total de 1.973 pessoas infectadas estão, atualmente, em isolamento domiciliar, e 101.272 já finalizaram o período de isolamento e estão recuperados da doença. Há, ainda, 8.227 casos em investigação laboratorial. 
Óbitos em 24 horas
No boletim desta segunda-feira, mais seis mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus, sendo três vítimas da capital alagoana e três do interior do Estado. As vítimas de Maceió eram três mulheres de 69, 79 e 80 anos.
A mulher de 69 anos tinha doença do refluxo gastroesofágico, gastrite crônica, hipertensão arterial e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; a mulher de 79 anos era hipertensa, diabética e morreu também no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; e a mulher de 80 anos era diabética e hipertensa e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió.
Já as três vítimas que residiam no interior do Estado eram três homens de 65, 67 e 90 anos. O homem de 65 anos morava em Arapiraca, era etilista, tabagista e morreu no Hospital Regional de Arapiraca; o homem de 67 anos residia em Piaçabuçu, não tinha comorbidades e morreu na Santa Casa de Penedo; e o homem de 90 anos morava em União dos Palmares, tinha doença cardiovascular e morreu no Hospital Regional da Mata (HRM), em União dos Palmares.
Os casos confirmados de pessoas com a Covid-19 estão distribuídos nos 102 municípios alagoanos. Em relação ao quadro total de óbitos em Alagoas, estão confirmados 2.515 óbitos por Covid-19, mas, oito deles, eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres. Dos 2.507 óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 1.410 eram do sexo masculino e 1.097 do sexo feminino. Eram 1.106 pessoas que residiam em Maceió e as outras 1.401 moravam no interior do Estado, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesau.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p