Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > GERAL

Delegado vai a hospital de MG ouvir vítimas de acidente com ônibus de AL

Na tragédia, 19 pessoas morreram e 27 ficaram feridas; veículo tinha como destino o estado de São Paulo

Os trabalhos da polícia para apurar o que provocou o acidente ocorrido com o ônibus de Alagoas no viaduto Ponte Torta, em João Monlevade-MG, continuam. Nesta terça-feira (8), o delegado Diego Carvalho ouviu algumas vítimas que sobreviveram ao acidente. De acordo com o G1, ele esteve no Hospital Margarida para pegar os depoimentos.

No total, dez pessoas que ficaram feridas no acidente continuam internadas no interior do estado e também na capital, entre elas, duas crianças. O teor dos depoimentos colhidos pela polícia não foi divulgado.

Leia também

De acordo com a administradora do Hospital Margarida, Jussara Ferreira, sete pessoas - cinco homens e duas mulheres - estão internadas no local. Os pacientes não correm risco de vida, mas não têm previsão de alta médica.

Duas crianças que ficaram feridas agora acompanham a mãe que aguarda por um colete ortopédico.

Em Minas Gerais

A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) informou que outros três pacientes estão internados em Belo Horizonte. Uma menina de 7 anos passou por uma cirurgia no tornozelo, nessa segunda-feira (7), no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII e está internada em observação no Hospital Infantil João Paulo II. Ela está bem.

Um homem de 33 anos permanece em estado grave no Centro de Terapia Intensiva (CTI), no João XXIII.

No mesmo local, um menino de 10 anos continua na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica, em estado grave, mas estável. Segundo a Fhemig, ele demanda mais cuidados.

A tragédia aconteceu na última sexta-feira (4), deixando 19 pessoas mortas. Nessa segunda-feira (7), os corpos das vítimas foram trazidos para Alagoas em uma aeronave da Força Aérea Brasileira. Os alagoanos que estavam no coletivo eram do Sertão do estado.Eles foram sepultados nesta terça-feira. 

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas