Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > GERAL

Alagoas teve média de dois feminicídios por mês em 2021

Dos 93 assassinatos ocorridos no mês de setembro em Alagoas, 96,8% eram homens e 3,2% mulheres

Alagoas teve a média de dois feminicídios por mês de janeiro a setembro deste ano. Foram 18 no total, seis deles em Maceió, um em Rio Largo e o restante dos demais municípios. Os dados foram reunidos em boletim mensal da Secretaria de Estado da Segurança Pública.

O mês mais violento para as mulheres em 2021 – com cinco vítimas – foi março, justamente quando se comemora o dia delas, com três delas assassinadas na capital. O número de mortes está no boletim de vítimas de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI).

Leia também

Dos 93 assassinatos ocorridos no mês de setembro em Alagoas, 96,8% eram homens e 3,2% mulheres. O maior número de vítimas está na faixa dos 18 a 29, com 44,1% e 33,3% eram pessoas de 30 e 59 anos. Pouco mais de 44% das vítimas foram mortas em vias ou locais públicos e 67,7% por arma de fogo.

O mês de setembro foi um dos mais violentos do ano. Na sequência, em Alagoas, foram 86; 85; 90; 87; 72 e 76 assassinatos em março, abril, maio, junho, julho e agosto. Em janeiro e fevereiro ocorreram 128 e 104 homicídios.

Em junho deste ano, levantamento da Folha de São Paulo junto às secretarias de Segurança Pública nos estados mostrou aumento da violência contra a mulher em 2020, nos meses em que o país já lidava a pandemia da Covid-19. Alagoas aparecia no ranking como o estado do Nordeste que mais registrou feminicídios por 100 mil habitantes e o 5º no Brasil.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Relacionadas