Alagoas envia 50 militares para Brasília para auxiliar na segurança

Embarque da tropa acontece às 10h, no Aeroporto Zumbi dos Palmares; ainda no dia de hoje, governador do Estado, Paulo Dantas, se reúne com Lula em encontro de governadores

Alagoas vai enviar 50 policiais militares para auxiliar na segurança de Brasília, após a invasão de bolsonaristas radicais ao Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal (STF) e Palácio do Planalto, nesse domingo (8). A informação foi anunciada pelo governador Paulo Dantas (MDB), depois de uma reunião virtual com todos os governadores do País, ainda no dia de ontem.

Ainda segundo Dantas, o embarque da tropa acontece às 10h, no Aeroporto Zumbi dos Palmares, em Rio Largo. Antes disso, no entanto, o efetivo deve se apresentar na Academia da Polícia Militar.

“Estive reunido com governadores de todo o país, onde nos solidarizamos com o presidente Lula, com o presidente da Câmara dos Deputados, com o presidente do Senado e com todos os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que foram atacados nesta tarde, em atos terroristas. Liguei para o ministro Rui Costa e coloquei as forças policiais alagoanas à disposição para auxiliar na segurança de Brasília, pois o que aconteceu é inadmissível”, destacou.

Paulo Dantas também informou que os governadores estão alinhando uma ida a Brasília, nesta segunda-feira (9), para que, juntos, reúnam-se com os presidentes dos poderes para unirem esforços a fim de prender os envolvidos nos atos de vandalismo e antidemocráticos.

“Vamos unir esforços para colocar na cadeia esses terroristas que trabalham para destruir a nossa democracia, e digo com toda certeza de que não vão conseguir. Estamos unidos para combater esses terroristas”, concluiu.

Atos terroristas em Brasília

Bolsonaristas radicais invadiram o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Palácio do Planalto, nesse domingo (8), após entrar em confronto com a Polícia Militar (PM), na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Os participantes de atos antidemocráticos estavam com pedaços de paus e pedras.

Militares tentaram conter os bolsonaristas com uso de spray de pimenta, no entanto, eles invadiram a área de contenção que cercava o Congresso Nacional, causando, assim, maior destruição nos prédios invadidos por eles.

*Com assessoria

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p