Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > ESPORTES

Verstappen é pole do GP da Austrália, com Mercedes em 2º e 3º

Na bandeirada, Russell e Hamilton saltaram para cercar o bicampeão no grid de largada, e equipe alemã retorna à primeira fila após cinco meses. Max representará RBR sozinho no top 10 após abandono de Pérez

Max Verstappen deu o primeiro passo rumo à sua primeira vitória no GP da Austrália: garantiu a pole position da etapa, na madrugada deste sábado (tarde, no horário local). O holandês anotou 1m16s732 para fazer sua 22ª aparição na posição de honra do grid, tendo George Russell e Lewis Hamilton, da Mercedes, em segundo e terceiro.

A sessão foi marcada ainda pela batida de Sergio Pérez, que começou o dia com o pé esquerdo e sofreu sucessivos problemas ainda no treino livre. Eliminado no Q1, o mexicano largará em 20º neste domingo.

Leia também

Em termos de disputa, Verstappen foi inalcançável nos dois primeiros segmentos, controlando com autoridade o ritmo diante da ineficiência das rivais para tentar superá-lo. Quem mais chegou perto foi a Aston Martin de Fernando Alonso, no top três das etapas da sessão.

No entanto, o holandês se queixou de problemas em sua bateria e marcha no Q3, quando Mercedes e Ferrari se revezaram no posto de "terceira força" da classificação e, junto com a vice-líder Aston Martin, vieram com mais força. O trio de equipes registrou uma diferença microscópica para a RBR, de 0s086 a 0s009. Max, entretanto, multiplicou sua vantagem, abrindo meio segundo de diferença ao resto.

A Aston Martin, figurinha carimbada nos flancos da RBR, ficou fora da primeira fila após o começo de ano promissor como segunda força do campeonato. Mercedes, por outro lado, teve que esperar cinco meses para retornar à dianteira de um grid inicial: desde a dobradinha na pole de George Russell no GP de São Paulo, em novembro passado. É a terceira vez que Russell se classifica à frente de Hamilton.

Das equipes menores, destaque para a Haas e Williams em um top dez diverso, com sete equipes diferentes. Os dois times foram trazidos ao Q3 por Nico Hulkenberg e Alexander Albon, respectivamente - no caso do alemão, pela segunda vez nesta temporada.

A McLaren, por outro lado, amarga mais um fim de semana ruim neste início de temporada. O time veio do terceiro treino livre com problemas na embreagem de Lando Norris, não conseguiu avançar do Q1 com Oscar Piastri e ficou fora de vez no Q2, com o britânico do carro de número 4. O time ocupa a lanterna do campeonato de construtores, sem pontos.

Resultado


				
					Verstappen é pole do GP da Austrália, com Mercedes em 2º e 3º
Grid de largada do GP da Austrália. ge

A largada do GP da Austrália será na madrugada deste domingo, às 2h da manhã (horário de Brasília).

O top 3

VERSTAPPEN: "Acho que a última tentativa foi muito boa. Tem sido difícil ao longo do fim de semana conseguir colocar os pneus na janela correta. Muito feliz por estar na pole, já ansioso por amanhã. Acho que temos um bom carro de corrida, mas é traiçoeiro com oos pneus. Vai ser uma corrida interessante, com certeza".

RUSSELL: "Não estávamos esperando isso, com certeza! Que sessão para nós. O carro pareceu vivo, e honestamente estou desapontado que não consegui a pole, porque o carro estava incrível. Animado por amanhã, e muito, muito feliz por alinhar em segundo".

HAMILTON: "Estou tão feliz com isso! É totalmente inesperado, estou muito orgulhoso da equipe. É um sonho para nós, estar tão perto da RBR é incrível".

Q1 - 18 minutos e cinco eliminados

Com a pista seca desde o fim da Fórmula 2, as equipes optaram pelos pneus macios. Com os dez primeiros tempos estabelecidos, Logan Sargeant acabou rodando em cima da zebra perto da entrada do pit lane, antecipando a bandeira vermelha acionada por Pérez: o mexicano passou reto na curva 3 e ficou preso na brita.

O segmento foi retomado três minutos depois. Verstappen assumiu a dianteira e chegou a ser superado por Alonso, mas recuperou a vantagem e ainda melhorou sua volta. A segunda e terceira colocações foram disputadas por Stroll, Albon, Hamilton e Ocon, que saiu na frente de Alonso na bandeirada. Nyck de Vries, da AlphaTauri, avançou ao Q2 pela primeira vez.

ELIMINADOS

16º OSCAR PIASTRI (MCLAREN)

17º GUANYU ZHOU (ALFA ROMEO)

18º LOGAN SARGEANT (WILLIAMS)

19º VALTTERI BOTTAS (ALFA ROMEO)

20º SERGIO PÉREZ (RBR)

Q2 - 15 minutos e cinco eliminados

Assim como no Q1, Verstappen não precisou de muito esforço para suprimir as voltas anotadas por Alonso e Stroll. O espanhol ainda abriu uma segunda volta rápida, mas que ficou a 0s064 do bicampeão da RBR. Max, no último minuto, ampliaria essa diferença para 0s2.

Outro piloto passeou pela brita no início do segmento mas, dessa vez, sem grandes consequências: Norris. O britânico não conseguiu passar do décimo lugar e foi uma das vítimas sob a bandeirada. E se o último representante da McLaren ficou para trás, Nico Hulkenberg trouxe a Haas para mais um Q3.Albon, por sua vez, chega ao segmento final pela primeira vez em 2023.

ELIMINADOS

11º ESTEBAN OCON (ALPINE)

12º YUKI TSUNODA (ALPHATAURI)

13º LANDO NORRIS (MCLAREN)

14º KEVIN MAGNUSSEN (HAAS)

15º NYCK DE VRIES (ALPHATAURI)

Q3 - 12 minutos e disputa pela pole

Aston Martin, Ferrari e Mercedes passaram na frente da volta inicial de Verstappen, chegando a 0s3 de vantagem sobre o bicampeão. Hamilton foi quem ocupou a liderança provisória até o holandês da RBR batê-lo por ínfimos 0s009. Essa diferença, entretanto, cresceu para meio segundo na última tentativa de Max. Após ele, foi a vez de Russell e Hamilton garantirem seus lugares no top 3, desbancando Alonso.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas