Brasil vence o Canadá e leva o bronze no vôlei sentado feminino

Eliminada pelos EUA na semifinal, seleção brasileira deixa as Paralimpíadas com medalha e repete resultado de 2016

A seleção brasileira feminina de vôlei sentado não deixará Tóquio de mãos abanando. A equipe saiu na frente do Canadá, passou por um momento difícil entre o segundo e terceiro set, mas soube superar a turbulência e conquistou o bronze neste sábado com vitória por 3 a 1, parciais de 25/15, 24/26, 26/24 e 25/14.

O sonho do ouro chegou ao fim nesta sexta-feira com derrota para os Estados Unidos por três sets a zero na semifinal. Entre os homens o Brasil saiu sem medalha após perder para a Bósnia na decisão do bronze no sábado. O terceiro lugar da seleção feminina repete o resultado das Paralimpíadas do Rio de Janeiro em 2016.

O jogo

O primeiro set se desenvolveu sem sustos para a seleção brasileira. O equilíbrio sobreviveu apenas até o quarto ponto, a partir de então o Brasil abriu vantagem que chegou a ser de dígitos duplos em vários momentos. Um toque na rede do Canadá encerrou a parcial em 25 a 15.

As canadenses voltaram para o jogo mais ligadas. Nenhuma das seleções conseguia abrir vantagem significativa até que o Canadá fez 18 a 15, impulsionado pelo bom desempenho de Jennifer Oakes. O Brasil chegou a reagir e empatar o segundo set em 24 a 24, mas as canadenses fecharam em 26 a 24 logo em seguida.

O terceiro set seguiu muito parecido ao segundo. Canadá saiu na frente, mas o Brasil reagiu e empatou após chegar a estar perdendo por 21 a 15. Dessa vez, no entanto, as brasileiras completaram a reação e venceram por 26 a 24, voltando a liderar a partida.

Logo no começo do quarto set a seleção brasileira conseguiu abrir vantagem de 7 a 2 com excelente passagem no saque de Camila. O Brasil continuou no ritmo durante toda a parcial, abrindo ainda mais folga e fechando por 25 a 14, garantindo a medalha de bronze.

Caminhada pelo bronze

Fase de Grupos:

Brasil 3 x 2 Canadá (21/25, 26/24, 25/20, 27/29, 17/15)

Brasil 3 x 0 Japão (25/13, 25/16, 25/16)

Brasil 3 x 1 Itália (23/25, 25/17, 25/16, 25/21)

Semifinal

Brasil 0 x 3 EUA (19/25, 11/25, 23/25)

Disputa do bronze

Brasil 3 x 0 Canadá (25/15, 24/26, 26/24, 25/14)