Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Novak Djokovic vai disputar as Olimpíadas de Paris

Em recuperação de cirurgia no joelho, ex-número 1 do mundo entra em lista de convocados para os Jogos pelo Comitê


				
					Novak Djokovic vai disputar as Olimpíadas de Paris
Djokovic quer enfrentar Rafael Nadal nas finais em Roma. Foto: Mike Hewitt/Getty Images

Novak Djokovic vai disputar as Olimpíadas de Paris. Na terça-feira, o Comitê Olímpico da Sérvia anunciou que o tenista de 37 anos está entre os convocados para competir nos Jogos. Ex-número 1 do mundo e atual terceiro do ranking da ATP, o sérvio abandonou Roland Garros por causa de uma lesão no joelho direito e passou por uma cirurgia no dia 5 de junho, por isso era dúvida para o torneio olímpico na França, de 27 de julho a 4 de agosto. Dusan Lajovic também foi convocado.

Maior campeão de Grand Slam da história com 24 títulos, Djokovic vai para sua quinta participação em Olimpíadas - possivelmente a última - em busca de um ouro inédito. Ele foi bronze na sua estreia em Pequim 2008 e quarto colocado em Londres 2012 e Tóquio 2020. Na Rio 2016, o sérvio caiu na estreia. Nas duplas, seu melhor desempenho foi o quarto lugar de Tóquio nas duplas mistas.

Leia também

Djokovic, que ainda é dúvida para Wimbledon, não comentou sua convocação para os Jogos de Paris. Na semana passada, ele compartilhou em suas redes sociais seu progresso na recuperação da cirurgia no joelho.

Djokovic sofreu a lesão nas oitavas de final de Roland Garros, quando, mesmo com dores, derrotou o argentino Francisco Cerundolo por 3 sets a 2. Nesse dia, se tornou o tenista com maior número de vitórias em torneios de Grand Slam, com 370. Depois disso, no entanto, teve que abandonar o torneio antes das quartas de final e perdeu o posto de número um do mundo para Jannik Sinner.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X