Procurador do STJD diz que Grêmio será denunciado e pode perder mandos de campo por invasão de torcedores

Torcedores do Tricolor gaúcho entraram no gramado da Arena e protagonizaram confusão e quebra-quebra após derrota do time para o Palmeiras, pela 29ª do Brasileirão

O procurador-geral do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), Ronaldo Botelho Piacente, afirmou que vai denunciar a invasão de torcedores do Grêmio no gramado da Arena após derrota para o Palmeiras pelo Brasileirão. Segundo ele, o clube pode perder mandos de campo por conta da confusão.

- A questão da perda de mando de campo só é dada quando levada em conta a gravidade nos fatos. Nesse caso óbvio que houve gravidade. Há uma tendência. A Procuradoria vai denunciar. Pretende que o Grêmio seja punido com perda do mando de campo, mas obviamente que eu faço a denúncia e o julgamento cabe aos auditores - falou Botelho ao "ge.com".

Após o apito final, alguns torcedores do Grêmio tentaram entrar na área que dá acesso aos vestiários, destruíram equipamentos de transmissão e quebraram a cabine do VAR. Há também relatos de agressão a profissionais de imprensa.

O caso se enquadra no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), e o clube pode ser punido com multa de até R$ 100 mil e perda de mando de uma a dez partidas. Sendo assim, o Grêmio não jogaria mais na Arena no ano de 2021, haja vista que só resta apenas 5 partidas para Tricolor nesta edição do Brasileirão em casa.