Partiu! Michael assina com o Al Hilal e não joga mais pelo Flamengo

Atacante de 25 anos deixa o Rubro-Negro após duas temporadas a serviço do clube

É um adeus: Michael é carta fora do baralho para o técnico Paulo Sousa. Isso acontece porque o Flamengo concretizou a venda do atacante de 25 anos para o Al Hilal, da Arábia Saudita, nesta quinta-feira. Dessa forma, a tendência é de que o atacante possa ser inscrito para disputar o Mundial, que acontece em fevereiro. Ele viaja neste fim de semana para se apresentar ao novo clube, cujo vínculo será de três temporadas.

A negociação entre o Rubro-Negro e o clube árabe avançou na última semana, mas uma pendência quanto ao percentual de direitos ainda estava sendo alinhavada com o Goiás. Como todas as partes chegaram a um consenso, a negociação caminhou para o acerto da venda. A negociação gira em torno de R$ 46 milhões.

Michael chegou ao Flamengo para a temporada 2020, após os cariocas vencerem a concorrência no mercado. Assim, por 7,5 milhões de euros (R$ 34,5 milhões na cotação da época), tirou o jogador do Goiás.

O atacante, revelação do Brasileirão de 2019, tardou a se encaixar, passou pelas mãos de Jorge Jesus, Domènec Torrent, Rogério Ceni e Renato Gaúcho e só foi deslanchar do meio de 2021 para frente. Ele encerrou o último ano o ano como um dos nomes mais decisivos do time, com 19 gols e dez assistências. Ao todo, Michael somou 105 jogos pelo Flamengo, com 23 gols e 14 assistências.