Hernán Crespo deixa a liderança do São Paulo; anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira (13)

Após queda de desempenho da equipe tricolor, o time resolveu desligar o argentino e sua comissão técnica

O São Paulo anunciou nesta quarta-feira (13) que o técnico Hernán Crespo está fora da liderança do time. O acordo firmado desde fevereiro deste ano foi rompido devido à queda de desempenho da equipe no Brasileirão e em outras competições, como na Libertadores.

Crespo sai e consigo leva a comissão técnica argentina que colaborava com as atividades do elenco. A comissão é composta por Juan Branda (auxiliar técnico), Alejandro Kohan e Gustavo Sato (preparadores físicos), Gustavo Nepote (preparador de goleiros) e Tobías Kohan (analista de desempenho).

O anúncio foi feito pelo São Paulo, em suas redes sociais oficiais, na tarde desta quarta-feira. O comunicado ainda traz a mensagem de que o "clube abrirá um processo de busca no mercado pelo novo treinador".

Complicações com Benítez:

Um dos problemas que Crespo havia enfrentando era sua tática de jogo, onde ficou confuso e mudou a estratégia dentro das quarto linhas, porém, alguns jogadores ficaram insatisfeitos com a situação. É o caso de Benítez, o empresário do camisa 8 comentou sobre a desunião dentro da equipe.

Adrian Castellanos, empresário e representante de Martín Benítez, afirmou que o jogador deixará o clube tricolor, se o técnico Hernán Crespo permanecer no Morumbi. Em entrevista a um portal, o agente disse que é uma "questão lógica" a saída do meio-campista em caso de permanência do argentino no banco de reservas.

"Primeiro, é uma questão lógica que, se Crespo continua, Martín [Benítez] não vai continuar no São Paulo, porque está demonstrado que Crespo mudou o sistema de jogo. O Crespo gosta dele, porque no Paulista, ele jogou e foi o melhor jogador do Paulista. Depois, o sistema do Crespo que mudou. Então, o Martín não encaixa nesse sistema. O técnico quem manda, mas não tem sentido que o Martín jogue por 15, 20 minutos. O que quero deixar bem claro é que ele está bem fisicamente. Ele não tem problema físico para terminar um jogo de 90 minutos", disse em entrevista à reportagem.

"É uma decisão técnica respeitável, mas Benítez pode jogar por 90 minutos. É normal que haja uma troca quando há jogos a cada 48 horas. Então, Martín está bem para jogar desde muito tempo", finalizou.

Confira o anúncio oficial da equipe sobre a saída de Crespo: