Festa azurra! Avaí vira contra o Sampaio Corrêa e conquista o acesso à elite de 2022

Valdívia e Renato saem do banco de reservas e conduzem o Leão da Ilha ao G-4 na Série B do Brasileiro

O Avaí está de volta à Série A! Com muita emoção, o Leão venceu o Sampaio Corrêa por 2 a 1, na Ressacada, diante de quase 16 mil torcedores pela 38ª rodada da Série B do Brasileiro. No fim do jogo, a torcida invadiu o campo para fazer a festa com os jogadores.

Ciel abriu o placar para os maranhenses ainda no primeiro tempo, mas na etapa final Valdívia e Renato saíram do banco de reservas e marcaram os dois gols que tiraram os catarinenses da Série B depois de duas temporadas.

Com a vitória em Florianópolis, o Avaí terminou na quarta colocação, com 64 pontos, deixando para trás o CSA, com 62. O Sampaio Corrêa fechou a Série B com 47 pontos e na 15ª colocação.

Quem subiu? Quem caiu?

Botafogo, Goiás, Coritiba e Avaí foram promovidos à Série A de 2022, enquanto que Brasil de Pelotas, Confiança, Vitória e Remo terminaram a temporada rebaixados à Série C.

Primeiro tempo

A eficiência do Sampaio Corrêa prevaleceu sobre o volume de chances do Avaí nos primeiros 45 minutos de jogo. A Bolívia Querida se fechou na marcação e explorou as jogadas de contra-ataque, mas com isso atraiu o Leão da Ilha e sofreu pressão. Aos 29 minutos, Serrato recebeu pelo lado direito da área e bateu colocado para defesa de Luiz Daniel. Aos 31, Getúlio ficou de frente para o goleiro, mas foi travado. Na sequência, Serrato chutou para a defesa de Luiz Daniel. Aos 33, Getúlio foi lançado e encobriu o arqueiro com cabeçada, mas Allan Godói afastou quase em cima da linha. Em uma bola perdida no campo de ataque, o Avaí sofreu o gol. Aos 36, Lourenço errou o passe para Bruno Silva e Ciel avançou com liberdade, passou a bola por entre as pernas de Alemão e bateu colocado no canto direito: 1 a 0. O Leão da Ilha ainda teve mais uma chance com Bruno Silva, aos 42, mas o toque de cabeça foi fraco e nas mãos de Luiz Daniel.

Segundo tempo

Com Valdívia no lugar de Serrado, o Avaí foi par ao tudo ou nada desde o início. Aos dois minutos, Lourenço bateu cruzado e Getúlio se atirou de carrinho em frente ao gol, mas não alcançou. Aos nove, Getúlio tentou de cabeça, mas errou o alvo. Todo recuado, o Sampaio Corrêa chamou o Avaí para cima, mas o time catarinense seguiu perdendo chances para empatar. Aos 23, Edílson soltou a pancada em cobrança de falta, mas Luiz Daniel fez a defesa. Aos 25, Alemão conseguiu a cabeçada após levantamento da esquerda, mas a bola foi fraca para o goleiro adversário. O jogo esquentou aos 28 com pênalti para o Avaí após a bola acertar o braço de Allan Godói. Edílson cobrou e parou na defesa de Luiz Daniel. Marcelo de Lima Henrique mandou voltar por conta de invasão de área e, na nova batida, Valdívia empatou o duelo: 1 a 1. O Sampaio Corrêa ainda perdeu o lateral Watson, expulso. Aos 42, Alemão testou a bola na trave. No minuto seguinte, Renato aproveitou a cobrança de escanteio de Valdívia, desviou e decretou a virada. O Sampaio Corrêa ainda tentou novo empate, mas Gledson operou um milagre na cabeçada de Allan Gódoi e Betão afastou o rebote quase em cima da linha.