Botafogo é multado em R$ 38 mil por apagões no Nilton Santos

Clube leva multa de 10% em relação à renda líquida de partida pelo Brasileirão

O Botafogo foi punido pelo STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva), em julgamento realizado nesta quinta-feira, em R$ 38 mil, pelos apagões na partida contra o Athletico-PR, no dia 21 de outubro. O clube não recebeu penas de perda de campo ou sanções de torcedores nas arquibancadas.

O valor da multa corresponde a 10% da renda líquida da partida na ocasião, que foi de pouco mais de R$ 380 mil. Na ocasião, o Estádio Nilton Santos teve cinco quedas de luz "quatro no primeiro tempo e uma no segundo" e o VAR chegou a ficar fora do ar. O jogo foi interrompido por 30 minutos, enquanto a equipe da arena tentava resolver o problema. Sem chegar a uma solução, a partida foi adiada para o dia seguinte, sem público, e recomeçada no decorrer da etapa complementar.

André Alves, advogado que representou o Botafogo na tentativa de defesa, mostrou laudos de pagamentos de luz e reformas na estrutura no Estádio Nilton Santos.

O Alvinegro reforçou a parte de energia do local na semana seguinte, com dois novos geradores. A equipe comandada por Lúcio Flávio joga contra o Grêmio às 20 horas, nesta quinta-feira, em São Januário, já que o Nilton Santos está ocupado para o show da banda "RBD".

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p