Associação Nacional de Clubes pede adiamento de Cruzeiro x Confiança

Equipes se enfrentam nesta sexta-feira (20), às 21h30, em partida válida pela 20ª rodada da Série B

A Associação Nacional de Clubes de Futebol (ANCF) solicitou, na tarde desta sexta-feira (20), junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o adiamento do duelo entre e Cruzeiro e Confiança, que ocorrerá às 21h30 desta sexta-feira, no Mineirão, em Belo Horizonte.

O pedido foi encaminhado por Francisco José Battistotti, presidente da ANCF e também do Avaí. Na nota, Francisco argumenta que, no congresso técnico da Série B do Campeonato Brasileiro, ficou decidido que o retorno do público aos estádios só ocorreria quando houvesse liberação de entidades de saúde responsáveis em todos os municípios onde há jogos da competição. Ainda assim, mesmo diante deste cenário, haveria novo acordo do congresso técnico.

O ofício também fala em 'manter o equilíbrio técnico' da Segunda Divisão, sob o discurso de que um possível adiamento seria fundamental para preservar 'condições de igualdade' na disputa do torneio. 

Por fim, Battistotti solicita a marcação de um novo congresso técnico para reavaliar a presença de torcedores nos estádios. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) ainda não recebeu nenhum recurso da CBF ou da ANCF no sentido de suspender o jogo do Cruzeiro.

Leia, a seguir, o ofício completo da ANCF, na íntegra.

Ofício nº 20210820/001

Florianópolis, 20 de Agosto de 2021

Ilustríssimo Senhor Coronel
Antônio Carlos Nunes de Lima
Presidente da Confederação Brasileira de Futebol

Senhor presidente, A Associação Nacional de Clubes de Futebol (ANCF), neste ato representando seus clubes filiados que estão disputando o campeonato brasileiro da série B de 2021, vêm por meio deste ofício manifestar repúdio e pedir manifestação desta Confederação junto ao STJD visando invalidar a medida inominada na qual proferiu-se por decisão liminar o retorno de público aos jogos do Esporte Clube Cruzeiro.

Salientamos que no congresso técnico da competição, no qual o citado clube estava representado, decidiu-se por unanimidade que o retorno de público aos estádios só aconteceria quando da liberação pelas entidades de saúde responsáveis em todos os estados/municípios onde ocorrem jogos desta competição; e tão somente após nova decisão do próprio congresso técnico da competição.

Não seria necessário, mas cabe lembrar que o retorno de público da forma como está propondo a decisão liminar para os jogos do Esporte Clube Cruzeiro causam enorme prejuízo ao equilíbrio técnico e financeiro da competição, pois ao DESRESPEITAR a decisão do congresso técnico o clube favorecido por esta decisão passará a contar com condições desiguais aos seus 19 concorrentes na disputa do campeonato.

Desta forma, visando não somente resguardar as decisões tomadas em congresso técnico da competição, mas também, e principalmente, manter a igualdade de condições e o respeito aos demais clubes que disputam o campeonato brasileiro da série B neste ano, solicitamos que esta confederação:

1) Tome todas as medidas necessárias para evitar que quaisquer jogo do campeonato contrarie decisões tomadas no congresso técnico;

2) Em nome do respeito aos 19 clubes que disputam o campeonato brasileiro da série B de 2021, suspenda a realização do jogo nº 194 visando manutenção do equilíbrio técnico da competição.

Pedimos complementarmente que seja marcado novo congresso técnico para reavaliar a questão da presença de público nos jogos, bem como que nos seja informado com a máxima urgência todas as medidas adotadas por esta Confederação para atender as solicitações dos clubes registradas neste ofício.

Colocamo-nos à disposição para atuar de maneira a manter o equilíbrio e moral da competição e estamos confiantes que seremos atendidos neste pleito. Atenciosamente.

Associação Nacional de Clubes de Futebol
Francisco José Battistotti