Após derrota no clássico, torcida organizada do Corinthians pede saída de Sylvinho

Derrota para o São Paulo nesta segunda (18), deixou a torcida do Corinthians incomodada

Até então invicto em clássicos no Campeonato Brasileiro, o Corinthians voltou a ser superado por um de seus rivais paulistas ao perder para o São Paulo por 1 a 0, nesta segunda-feira, no Morumbi. Com o novo resultado negativo jogando fora de casa, a Gaviões da Fiel, maior torcida organizada do Timão, protestou nas redes sociais, nesta terça-feira, pedindo a demissão do técnico Sylvinho.

De acordo com a publicação, o grupo de torcedores entende que, apesar da chegada dos reforços ao clube, o desempenho dentro de campo segue ruim e abaixo das expectativas. A Gaviões ainda pediu que alguns dos jogadores mais experientes do elenco - como Cássio, Fagner, Fábio Santos, Gil e Renato Augusto - cobrem do restante dos atletas um melhor futebol.

A organizada elencou alguns motivos pelos quais entende que o treinador não deve seguir no clube, sendo os principais: "não saber escalar" e "não saber motivar".

Desde maio de 2021 no Alvinegro paulista, o treinador comandou o clube em 29 oportunidades, com 10 vitórias, oito derrotas e 11 empates - 46% de aproveitamento. Durante o período em que esteve à beira do campo no Corinthians, Sylvinho ainda acumula uma eliminação na Copa do Brasil diante do Atlético-GO, na terceira rodada da Competição.

Veja a íntegra do post feito pela Gaviões da Fiel:

"FORA SYLVINHO

Embora a diretoria do Corinthians tenha realizado importantes contratações, o desempenho dentro de campo continua abaixo do esperado pela Fiel Torcida.

Por parte de jogadores queremos Cássio, Fagner, Fábio Santos, Gil, Renato Augusto (jogadores mais experientes desse grupo) que cobrem mais desse elenco dentro de campo.

Na parte técnica, falta definição tática. Diante disso, não existe qualquer desculpa para manter um técnico como Sylvinho, ele é fraco. Não há espaço no Corinthians.

Desde a sua contratação não consegue organizar o elenco, não soube montar um time forte como deveria ser e continua insistindo em escalações que nunca deram certo e ainda sequer realiza todas as substituições quem tem à disposição numa partida.

O Corinthians não é para iniciantes e estagiários.

Não sabe escalar.

Não sabe motivar.

Não serve para o Corinthians.

Roberto de Andrade, fora!

Ao Sr. Presidente Duílio, honre suas palavras.

Fora Sylvinho".