Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > NACIONAL

Após ausência em trio final do The Best, Neymar ironiza: "Partiu basquete"

Craque ficou fora da premiação final de melhor jogador do ano na Fifa e usou redes sociais para publicar mensagem: "Já que deu errado..."

Fora do trio final para o prêmio The Best da Fifa, de melhor jogador do mundo, Neymar usou as redes sociais para se manifestar. E com ironia. O atacante do PSG fez posts simples no seu perfil no Twitter nos quais, em tom de brincadeira, diz que vai desistir do futebol.

"Já que não deu certo no futebol, partiu basquete. Já desisti do basquete. Virei GAMER", ironizou Neymar, após ficar fora do trio final do The Best.

Leia também

Em seu primeiro post, o atacante do PSG usa um emoji que simboliza uma bola de tênis. A impressão que dá é que ele talvez tenha errado na escolha da imagem, que deveria ser uma bola de futebol.

Neymar estava entre os 11 nomeados pela entidade para concorrer ao prêmio de melhor jogador do mundo. A escolha da lista inicial é feita por um painel de ex-jogadores e treinadores do Fifa Legends. A partir desse grupo, a votação se inicia com quatro colégios eleitorais: capitães e treinadores das seleções nacionais, jornalistas dos países afiliados à Fifa e o público, que vota na internet.

Cada grupo votante tem 25% de peso na escolha do melhor do mundo, e Messi, Cristiano Ronaldo e Lewandowski foram os mais votados. Os atacantes do Barcelona, Juventus e Bayern de Munique são os únicos que seguem na disputa do prêmio, que vai ser anunciado no próximo dia 17 de dezembro.

Neymar também ficou fora do trio final do prêmio de melhor jogador da última temporada europeia, que contou com Lewandowski, Neuer e De Bruyne como finalistas. O brasileiro terminou na quarta posição, e o polonês do Bayern, favorito também ao The Best, foi o vencedor.

Havia a expectativa para que Neymar estivesse ao menos entre os três melhores jogadores do mundo em 2020. Ele liderou o PSG na reta final da Champions, e o time parisiense chegou à sua primeira final da competição.

O camisa 10 do Paris fez 19 gols e 11 assistências em 27 jogos na última temporada, com ótima média de participação direta de 1,11 gol/jogo (um a cada 79 minutos).

Lewandowski, o provável vencedor do The Best, fez 55 gols e nove assistências em 47 jogos na última temporada. A média de participação direta para gol por jogo sobe para 1,36. Para facilitar as contas, oatacante do Bayern participou de um gol a cada 64 minutos em 2019/20.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas