Na França, Ronaldinho abre o jogo sobre carreira: “Não mudaria nada”

Ex-melhor do mundo acompanhou a vitória do PSG sobre o Leipzig na Champions League e ainda comentou as situações de Neymar e Messi

Na França desde o início da semana, Ronaldinho Gaúcho aproveitou sua visita para abrir o jogo sobre sua carreira. Ele lembrou de seu tempo nos gramados, comentou a pressão sofrida por Neymar e a transferência de Messi para o PSG.

Para o jornal francês “Le Parisien”, o ex-jogador se disse satisfeito com o seu legado dentro das quatro linhas. “Estou completamente feliz com tudo o que aconteceu comigo. Deus me deu muito. Tive a sorte de ter experimentado coisas muito felizes. Então eu não mudaria nada”, analisou ele.

Em relação a Neymar, ele discorda de toda a pressão em cima do craque. “Não gosto de comparações. Todos nós já passamos por momentos difíceis. Mas acho que todo mundo no Brasil sabe que ele é o melhor jogador do momento. Só que quando as coisas não vão bem fica mais difícil para ele. Porque ele é o maior. Quando as coisas não vão bem, fica muito mais pressionado” disse Gaúcho.

Por fim, o duas vezes melhor do mundo falou sobre a transferência de Lionel Messi para o clube parisiense. “Estou muito feliz em vê-lo no clube onde comecei na Europa. É algo que não pensei na minha vida. Ele tinha certeza de que sua carreira acabaria no Barcelona. E, para mim, foi uma surpresa. Como gosto do PSG, foi uma surpresa, mas nunca pensei que o veria com outra camisa que não fosse a do Barcelona”, completou o craque.

Com Ronaldinho Gaúcho nas arquibancadas, o Paris Saint Germain triunfou sobre o RB Leipzig por 3 x 2, em jogo válido pela 3ª rodada da Champions League.