Mbappé garante vitória do PSG na ausência de Messi e Neymar

Jogadores sul-americanos estiveram presente no compromisso de suas seleções pelas eliminatórias da Copa do Mundo

Sem Neymar e Messi, que atuaram na quinta-feira por Brasil e Argentina, respectivamente, nas Eliminatórias da Copa do Mundo, o Paris Saint-Germain contou com uma atuação decisiva de Kylian Mbappé para superar o Angers por 2 x 1, de virada, nesta sexta-feira, pelo Campeonato Francês. O gol do triunfo saiu em um pênalti polêmico.

Apesar de não entrar em campo, o craque argentino acompanhou o jogo das tribunas do estádio Parque dos Príncipes, em Paris.

O PSG entrou em campo pressionado para se recuperar da derrota para o Rennes por 2 x 0, na rodada anterior, mas, apesar de ter mais posse de bola, saiu atrás no placar. Angelo Fulgini marcou para os visitantes aos 36 minutos do primeiro tempo, após receber cruzamento de Boufal.

A equipe da casa só conseguiu empatar aos 23 minutos da etapa final. Mbappé cruzou para o português Danilo Pereira marcar de cabeça. Aos 41 minutos, o atacante francês foi responsável pelo gol que garantiu os três pontos para o PSG. Apesar da reclamação dos jogadores do Angers, que pediram falta de Icardi no começo da jogada, o árbitro confirmou pênalti após consultar o árbitro de vídeo e Mbappé bateu com perfeição.

“É muito difícil, não é fácil ver (do banco), não sei. É VAR. Às vezes é a nosso favor, às vezes é contra nós. Entendo que os adversários reclamam, mas é assim”, afirmou Mauricio Pochettino, técnico do PSG. “Acho importante ter essa ferramenta para esclarecer essas situações, mas acho que não é fácil para os árbitros. Às vezes temos de confiar neles e é complicado. Teríamos preferido vencer de outra forma, mas na realidade não é fácil para os árbitros”, completou.

Com este resultado, o PSG continua na liderança da competição, com nove pontos de vantagem (27 contra 18) sobre o segundo colocado, o Lens, que enfrenta o Montpellier, no domingo. Já o Angers está na quarta posição, com 16 pontos, e pode ser ultrapassado até o fim da rodada.