Volta de Tom Brady à NFL não seria causa da crise com Gisele Bündchen

Uma fonte próxima ao casal afirmou que essa especulação é "sexista" e culpa a modelo erroneamente pela crise

A crise conjugal entre Tom Brady e Gisele Bündchen ganhou mais um capítulo nesta segunda-feira (26/9). De acordo com uma fonte próxima ao casal, o problema entre eles “não têm nada a ver com a decisão do jogador de retornar à NFL”. Vale lembrar que a estrela chegou a anunciar a aposentadoria, mas voltou atrás.

“Os problemas não se devem à decisão de jogar futebol novamente — às vezes as coisas são complicadas”, contou uma fonte ao Page Six. A pessoa, que não quis se identificar, ainda acrescentou que essa especulação é “sexista” e culpa, erroneamente, Gisele Bündchen pelos problemas conjugais.

Em meio a uma crise conjugal com Gisele Bündchen, Tom Brady entrou em campo para representar o Tampa Bay Buccaneers contra o Green Bay Packers, em jogo válido pela NFL. O astro contou com a presença de seus três filhos, Vivian, de 9 anos, Benjamin, de 12, frutos do relacionamento com a top model brasileira, e John, de 15 anos, fruto de um casamento anterior. O atleta tinha esperanças de que a modelo brasileira comparecesse ao camarote da família.

Antes da partida, o quarterback foi filmado em um momento fofo com as crianças, que estavam no gramado do Raymond James Stadium, localizado em Tampa, na Flórida (EUA). O astro abraça e beija os filhos antes de correr para o centro do campo. O momento fez a alegria dos fãs que estavam próximos. Confira o vídeo.