Vettel lidera primeiro treino livre para o GP do Japão

De olho na performance do vice-líder, Hamilton anotou o segundo melhor tempo

O GP do Japão começou com Sebastian Vettel tentando recuperar o prejuízo das duas últimas corridas, quando viu a vantagem de Lewis Hamilton, no Mundial de Pilotos, aumentar para 34 pontos. Para tal, o alemão da Ferrari foi o mais rápido no primeiro treino livre em Suzuka, realizado na noite desta quinta-feira. Mas engana-se quem pensar que o piloto terá vida fácil em solo nipônico.
 De olho na performance do vice-líder, Hamilton anotou o segundo melhor tempo, com 1m29s377, seguido por Daniel Ricciardo, em terceiro, com 1m29s541 (diferentemente dos dois primeiros, que anotaram suas melhores marcas com pneus supermacios o australiano da RBR estava de compostos macios).
Apesar da ameça iminente de chuva, a água não atrapalhou o treino e só caiu de fato faltando cinco minutos para o fim. O que interrompeu a sessão, no entanto, foi uma batida forte de Carlos Sainz no muro. O piloto saia do grampo da curva 11 quando mordeu a zebra, perdeu a traseira do carro e foi projetado com força conta a barreira de proteção. Apesar da destruição no carro, o espanhol nada sofreu. Notícia ruim para o piloto, que terá de pagar 20 posições de punição pela troca de diversos componentes do motor (6º MGU-H, 5º motor a combustão e 5º turbo)Ainda não se sabe se Sainz retorna para a segunda sessão de treinos livres, às 2h.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p