Red Bull revela que estratégia de Hamilton ajudou Verstappen a vencer em Jedá

Diretor-esportivo da Red Bull, Helmut Marko revelou que equipe observou rendimento de Lewis Hamilton com pneus duros em Jedá para decidir estratégia de Max Verstappen

A opção definida pela Mercedes de iniciar o GP da Arábia Saudita com pneus duros no carro de Lewis Hamilton indiretamente ajudou na vitória de Max Verstappen em Jedá. A revelação foi feita por Helmut Marko, consultor-esportivo dos taurinos, que destacou a observação da equipe sobre o desgaste sofrido pelo heptacampeão, algo que possibilitou a estratégia de atacar Charles Leclerc pela liderança.

Após efetuar a troca por compostos duros — de faixa branca — na 16ª volta de um total de 50, Verstappen parecia ter ritmo superior à Ferrari na reta final da corrida e depois da intervenção do safety-car virtual. Assim, o neerlandês partiu para cima do monegasco e conseguiu tomar a liderança para vencer pela primeira vez em 2022.

“Observamos com atenção o desgaste nos pneus duros com Hamilton no início”, revelou Marko em entrevista ao portal alemão Auto Motor und Sport. “E dissemos ao Max [Verstappen] que ele poderia realmente acelerar”, explicou.

Após fazer uma péssima classificação, Hamilton largou apenas em 15º — após ganhar uma posição com a saída de Mick Schumacher da corrida — e optou por sair com pneus duros, ao contrário da maioria do grid. O heptacampeão conseguiu progredir no pelotão e chegou a andar em sexto na 35ª volta, mas um erro na estratégia impediu que o britânico entrasse nos boxes antes do fechamento do pit-lane. Assim, terminou apenas em décimo.

Lewis Hamilton iniciou corrida com pneus duros em Jedá - Foto: Mercedes

No entanto, o pesadelo vivido pelo inglês foi o trunfo da Red Bull, que pôde observar a possibilidade de forçar o ritmo utilizando os pneus duros. Assim, optou por colocar os compostos no carro de Verstappen e o atual campeão mundial rumou para a vitória e os primeiros pontos da equipe na temporada — somado ao quarto lugar de Sergio Pérez.

“Nós deliberadamente configuramos o carro para essa corrida”, salientou Marko. “Como resultado, perdemos no setor 1 mas éramos mais rápidos nas retas. E quando você tem um piloto como Verstappen no cockpit, você pode contar com ele para implementar isso [a estratégia]”, encerrou.