Recuperado de lesão, Nadal volta a vencer na estreia em Roland Garros

Tenista havia se lesionado no Aberto de Roma e deixou fãs preocupados quanto à recuperação do atleta para disputa do Aberto da França

Rafael Nadal tem impressionantes 13 títulos na terra batida de Roland Garros. Considerado o rei do saibro francês, o espanhol abriu a edição de 2022 nesta segunda-feira (23/5) com uma tranquila vitória sobre o australiano Jordan Thompson, por triplo 6/2. Foi o 106° triunfo dele na competição.

Na segunda rodada o ex-número 1 do mundo terá o amigo francês Corentin Moutet pela frente, na quarta-feira. A estreia na quadra Philippe-Chatrier era recheada de dúvidas sobre o estado físico de Nadal após ele sofrer recentemente com as dores no pé direito. O problema crônico já o afastou de competições no início do ano e acabou sendo decisivo na eliminação em Madri.

Nadal, porém, provou diante do australiano que o problema não o afetou nesta largada de Roland Garros. Ele fez tratamento intenso nos últimos dias para tentar fazer bonito em seu torneio predileto. O primeiro ato veio com maestria.

Com mais de 70% de aproveitamento nos serviços, o espanhol forçou o jogo para cima do australiano, quase não dando chances de reação. Não à toa, teve somente dois breakpoints contra e cedeu só uma quebra. Por outro lado, derrubou o serviço de Thompson em sete de 11 oportunidades.

No primeiro set, por exemplo, foi logo abrindo vantagem ao quebrar o saque no terceiro e quinto games. Fechou rapidamente em pontos diretos por 6/2. No segundo set, fez 2 a 0. O australiano conseguiu uma quebra no sexto game, mas perdeu o serviço três vezes e mais uma vez levou 6/2.

Thompson conseguiu levar o terceiro set igual até 2 a 2. Depois disso, não foi páreo para um empolgado Nadal, que fechou com quatro pontos seguidos e sem desperdiçar o primeiro match point

Cabeça de chave 10, o australiano Cameron Norrie passou sem sustos pelo francês Manuel Guinard em sets diretos. Fez 7/5, 6/2 e 6/0. O compatriota David Evans teve um pouco mais de trabalho, mas também fechou com 3 a 0, contra o argentino Francisco Cerúndolo, com 7/6 (7/3), 6/4 e 6/4.

Entre os cabeças de chave, destaque para virada do georgiano Nikoloz Basilashvili, o número 22, sobre Maxime Cressy. Depois de levar 6/3 e 6/2 do americano, ele se impôs e virou com 7/6 (10/8), 6/4 e 6/4. Já o americano Taylor Fritz também jogou cinco sets. Anotou 7/6 (7/2), 3/6, 6/3, 4/6 e 6/4 sobre o argentino Santiago Taverna.

SURPRESA NO FEMININO

Segunda cabeça de chave, a checa Barbora Krejcikova protagonizou a primeira grande zebra da primeira rodada de Roland Garros ao levar a virada da francesa Diane Parry. Depois de fácil 6/1, a favorita caiu com 6/2 e 6/3.