Lendário jogador de rúgbi australiano é encontrado morto em casa

Paul Green foi encontrado inconsciente na garagem de sua residência; os familiares aguardam a autopsia para saber a causa da morte

Nesta quinta-feira (11/8), Paul Green, lendário ex-jogador da National Rugby League (NRL), principal campeonato australiano de rúgbi, foi encontrado morto em sua residência. A morte do ex-atleta deixou o mundo do esporte em choque e luto.

Uma autópsia será realizada para determinar as causas da morte. Pessoas ligadas a Paul afirmam que não haviam indícios de que estava doente.

A polícia de Queensland, estado localizado no nordeste australiano, foi chamada à casa da família de Green em Wynnum por volta das 10h após o ex-zagueiro ser encontrado inconsciente na área da garagem. O ex-atleta de 49 anos deixa a esposa Amanda e os filhos Jed e Emerson.

De acordo com uma porta-voz da policia, Paul foi declarado morto no local pelos paramédicos. A principio não há circunstâncias suspeitas e um relatório está sendo preparado pelos legistas.

O clube da NRL, North Queensland, disse que seu treinador vencedor da Premiership foi uma das maiores profissionais da história dos Cowboys.

“Paul chegou ao nosso clube como jogador no final dos anos 90 e foi o primeiro representante do clube no Origin, mas seu legado duradouro emana de seu mandato de sete temporadas como técnico do North Queensland Cowboys”, disse o presidente do clube, Lewis Ramsay.

Nas redes sociais, o lendário ex-jogador recebeu homenagens do mundo da NRL.