Inglaterra avalia liberar cerveja nas arquibancadas após 36 anos

Segundo ex-ministra e deputada, Tracey Crouch, mudança poderia trazer impactos econômicos positivos para os clubes

Depois de matarem a saudade dos estádios, retornando as arquibancadas, o torcedores ingleses podem estar próximos de matarem a sede. Isso porque uma petição que visa o consumo de álcool nas arquibancadas foi enviado as principais entidades do futebol inglês, em especial, a Premier League.

O documento, assinado pela Associação dos Seguidores de Futebol, afirma que as regras estabelecidas para o consumo de álcool são antigas e que precisam ser vistas. Como argumento, eles relembram que outros eventos realizados no mesmo espaço, que não seja de cunho futebolístico, tem o consumo de cerveja liberado.

Atualmente, os pontos de venda de cerveja dentro do estádio obriga com que os torcedores consigam beber apenas antes do jogo, no intervalo ou ao fim da partida.

Tracey Crouch, ex-ministra do Esporte e deputada, afirma que as regras atuais precisam passar por atualização. Ela ainda destaca o argumento financeiro, afirmando que uma alteração na legislação poderia gerar mais recursos para os clubes envolvidos, afirmando que parte das receitas de alguns desses times é proveniente dos bares dentro do estádio.

O consumo de bebida nas arquibancadas foi vetado em 1985. Na época, a Inglaterra vivia o auge do hooliganismo, onde torcedores consumiam quantidades elevadas de álcool e acabam promovendo vandalismo e casos de violência.