Em estado vegetativo, Schumacher perde mais um patrocinador

Companhia Erlinyou, do mercado de GPS, rescindiu contrato com piloto

Em estado vegetativo desde dezembro de 2013, quando sofreu um acidente nos alpes franceses, Michael Schumacher perdeu mais um patrocínio.
Depois da empresa de aviões Jet Set e da de calçados Navyboot, que desembolsavam 5 milhões de euros por ano para terem suas imagens vinculadas à do ex-piloto, foi a vez da companhia Erlinyou, do mercado de GPS, rescindir o contrato que mantinha com ele desde 2012.
De acordo com o site Máquina da Notícia, seguem como parceiros do alemão as empresas Deutsche Vermögensberatung (banco), Mercedes-Benz (carros), Schuberth (capacetes) e Hormann (portas automáticas). Schumi ainda mantem vínculo com as equipes de Formula 1 Ferrari e Mercedes-Petronas e com as empresas familiares Mick Schumacher, Michael Schumacher Kart & Event Center e o CS Ranch.
Outras duas empresas, Audemars Piguet (relógios) e Rosbacher (água mineral), seguem como patrocinadoras do alemão, mas negociaram redução no valor dos contratos.
Ao longo da semana completou-se 25 anos desde a primeira corrida de Schumacher pela Formula 1, em 1991.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p