Dos Anjos celebra nocaute em Caubói e revela tensão após derrota de Aldo

Após duelo, campeão peso-leve do UFC reuniu amigos e familiares em restaurante brasileiro em Orlando. "Obrigado pela torcida de todos, é só o começo"

Depois de nocautear Donald Cerrone no primeiro round da luta principal do UFC Orlando, na noite deste sábado, Rafael dos Anjos comemorou a vitória com sua equipe, família e amigos em um restaurante brasileiro na cidade americana. Festejado pelos convidados, entre eles o ex-campeão dos pesados do Ultimate, Rodrigo Minotauro, e o presidente do UFC Brasil, Giovani Decker, o lutador comemorou o sucesso de sua estratégia e a sua primeira defesa de cinturão bem-sucedida, e revelou que buscou esconder a pressão extra adquirida ao longo da semana, depois que José Aldo perdeu o cinturão peso-pena para Conor McGregor no UFC 194.
-  Estou muito feliz...Ainda mais pelo jeito que foi, esse camp foi perfeito, treinamento foi muito bom, energia estava perfeita e tudo deu certo. Cada dia foi maravilhoso e agora é hora de descansar, curtir a família e deixar para pensar na próxima só em janeiro. Para a galera do Brasil, obrigado pela torcida. Eu sei que o Brasil teve uma grande perda na semana passada, então eu estava com isso aqui dentro?eu não queria nem falar muito do José Aldo, mas eu estava meio com um peso assim. Então, obrigado pela torcida de todos, e é só o começo. 
Dos Anjos agradeceu o apoio de todo o time e esbanjou simpatia ao tirar fotos com fãs e com os funcionários do local. O campeão dos leves do UFC também  aproveitou para matar a saudade da comida brasileira.
- Tá cheiroso o negócio aqui. Estou no perrengue já há cinco meses, agora é a hora de comer uma comidinha brasileira. Quero comer um pouquinho de cada coisa, um arrozinho, um feijão, uma carne vermelha, vou devagar. Finalmente, agora passou, vou passar o Natal comemorando com a família. Agora posso comer geral, mas também vou segurar a onda, porque se der bobeira vou ficar muito grande - brincou.
UFC: Dos Anjos x Cerrone
19 de dezembro, em Orlando (EUA)
CARD PRINCIPAL
Rafael dos Anjos venceu Donald Cerrone por nocaute técnico a 1m06s do R1
Alistair Overeem venceu Junior Cigano por nocaute técnico aos 4m43s do R2
Nate Diaz venceu Michael Johnson por decisão unânime (triplo 29-28)
Karolina Kowalkiewicz venceu Randa Markos por decisão unânime (29-28, 30-27, 29-28)
CARD PRELIMINAR
Charles do Bronx venceu Myles Jury por finalização aos 3m05s do R1
Nate Marquardt venceu CB Dollaway por nocaute aos 28s do R2
Valentina Shevchenko venceu Sarah Kaufman por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Tamdan McCrory venceu Josh Samman por finalização aos 4m10s do R3
Nik Lentz venceu Danny Castillo por decisão dividida (29-28, 28-29, 30-27)
Cole Miller x Jim Alers terminou em "No Contest" após golpe ilegal
Kamaru Usman venceu Leon Edwards por decisão unânime (29-28, 30-27, 29-28)
Vicente Luque venceu Hayder Hassan por finalização aos 2m13s do R1
Francis Ngannou venceu Luiz Henrique "KLB" por nocaute aos 2m53s do R2

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p