Guilherme Costa vai à semifinal do Mundial de Esportes Aquáticos

Carioca fica em quinto na sua eliminatória em Doha, no Catar, com o tempo de 1m47s28 e avança à semifinal da prova, nesta segunda

O carioca Guilherme Costa fez bonito mais uma vez Mundial de Esportes Aquáticos, que acontece em Doha, no Catar. Na madrugada deste domingo (manhã de segunda no horário local), Cachorrão - como é conhecido o nadador - ficou em quinto na sua eliminatória dos 200m livre com o tempo de 1m47s28 e garantiu o 14º melhor tempo geral e se classificou para as semifinais.

Costa entra na água novamente nessa tarde. A competição terá transmissão ao vivo do sportv 2, às 13h. Fernando Scheffer, outro brasileiro na competição, fez a prova em 1m47s42 e está fora da próxima fase.

- Eu estava me sentindo bem cansada hoje, acho que eu senti um pouco os 400m livre. Acho que nessa fase que a gente está, é mais difícil as provas mais velozes. Ainda não estou me sentindo tão solto para as provas de velocidade, mas não foi ruim o resultado. De manhã, está bom para mim e aproveitar a oportunidade. Nadar quase todos os dias, nadar forte todo dia e usar muito essa competição como um treino muito bom para mim - definiu Cachorrão.

Guilherme competiu na bateria 7 e fez uma boa prova de recuperação. Ele chegou a estar em último na bateria, mas nos últimos 50m conseguiu se recuperar, sendo o mais rápido entre os 10 nadadores que estavam na água e conquistou a vaga na raça.

Ana Carolina Vieira foi a representante do Brasil na prova dos 100m peito. Ela competiu na quinta bateria e ficou em décimo lugar, com um tempo de 1m10s83. O seu tempo garantiu a 33ª posição e ela não se classificou para as semifinais.

Já Beatriz Dizotti representou o Brasil na prova dos 1500m livre. Ela ficou em sexto lugar na sua bateria e com o tempo de 16m25s90 não conseguiu avançar para a final da competição.

- Foi longe de ser perto do meu melhor. Hoje faz um pouco mais de quarenta dias que eu operei. Eu nem sabia se ia estar aqui hoje. Com certeza, eu treinei para ser mais rápida do que isso, mas não tem como voltar no tempo. Vida que segue, não estou feliz com a minha prova, apesar de ter que fazer uma leitura dos últimos quarenta dias, foram quinze dias parada. Então hoje acho que eu dei o meu máximo, mas não estou satisfeita e não estou feliz - concluiu Bia.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p