Zumbi vence FF Sport fora de casa, por 1 a 0, e se aproxima da final da 2ª divisão

Com gol do zagueiro Gabriel, no segundo tempo, Pantera Verde abre vantagem boa para partida de volta

O primeiro passo rumo a grande final da 2ª divisão do Alagoano foi dado neste sábado (25). No Estádio Universitário, em Maceió, o FF Sport Nova Cruz recebeu o Zumbi, na partida de ida da semifinal. Apesar do equilíbrio evidente no primeiro tempo, o Pantera conseguiu uma bela vitória, por 1 a 0, com gol de Gabriel. Por ter a melhor campanha, o Zumbi pode perder por um gol de diferença na volta para avançar.

O jogo da volta já tem data para acontecer. No próximo domingo (3), no Estádio Orlandão, em União dos Palmares, os clubes alviverdes voltam a se encontrar para definir quem chegará a grande decisão do Estadual. A partida começará às 15 horas.

O JOGO

O jogo foi repleto de nervosismo, de ambos os lados. Estreando seu novo técnico, o FFS tinha uma proposta clara de se defender. Os primeiros minutos foram bem faltosos e a primeira chance só aconteceu aos 8min, na bola parada. Dakson, em cobrança de falta, tentou, mas finalizou para fora. Aos poucos, a partida foi ficando física, mas bem disputada.

O FF conseguiu dar chegadas no campo de ataque, entretanto, apenas em contra-ataques. Aos 34 minutos, Matheus foi lançado na grande área. O meia teve a chance de arrematar, mas Gean chegou travando na hora certa. O Zumbi teve muitas dificuldades para jogar, principalmente nos lances rápidos. A solução foi tentar a bola cruzada. Aos 38min, Dakson tentou, Adrian finalizou e Maia fez uma bela defesa.

Com equilíbrio e boas chances, a primeira etapa chegou ao final, completamente zerado.

Na volta do intervalo, Jaelson deixou sua equipe mais rápida, um pouco mais livre para atacar. Aos 11 minutos, Dakson pingou bola na grande área e Gabriel tentou de cabeça. Maia, nas pontas dos dedos, tirou para escanteio. Após esse lance, o jogo ficou parado por cerca de seis minutos, após Gabriel se chocar com Vinícius.

Quando o jogo voltou, nova cobrança de escanteio. O zagueirão do Pantera, Gabriel, chegou firme, com coragem, de cabeça para abrir o placar no Estádio da Ufal: 1 a 0 para o Zumbi. Para o FF, uma frustração gigante. O time tentou reagir de todas as maneias. Com 23 minutos, Bregueeth tentou finalização de fora, mas mandou fraco.

Melhor em campo no segundo tempo, o Zumbi teve as principais chances. Aos 26, Tesouro fez boa jogada individual pelo lado esquerdo, mas foi fominha e desperdiçou a oportunidade. Com 29, em linda jogada, Soares até conseguiu balançar as redes, mas o lance foi anulado. O empate quase pintou aos 32min. A defesa dormiu feio e Ítalo ficou com a sobra dentro da área. Para seu azar, pegou mal na bola e não acertou o gol.

Os minutos finais tiveram um pouco de confusão, mas o time de Jaelson Marcelino conseguiu controlar o jogo. No desespero, o FFS foi de qualquer maneira para o ataque. O Clube de Ferro tentou pelo alto, por baixo, mas não furava a defesa. Com isso, não deu. O Zumbi venceu a ida, por 1 a 0.

Ficha técnica

FF Sport Nova Cruz - Maia; Maylon, Correia, Roger e Vinícius; Cláudio Balotelli, Matheus, Anderson São João (Ítalo) e Vaqueiro; Anderson Bahia (Ruan) e Bregueeth. Técnico: Adelmo Soares.

Zumbi - Diogo; Ailton (Danilo Peppa), Gabriel, Gean e Ramos; Kayllan, Adrian e Dakson (Didinho); Tesouro (Pedrinho), Soares e Etinho (PH). Técnico: Jaelson Marcelino

Gols - Gabriel (ZUM - 18'/2T)

Cartões amarelos - Dakson (Zumbi); Anderson (FF Sport); Gean (Zumbi); Vinícius (FF Sport)

Árbitro - José Jaini de Oliveira Bispo (CBF/AL)

Assistentes - Lennon McCartney Farias (CBF/AL) e Áldrin Freire Costa Matias (FAF)

4º árbitro - Anderson Gomes Leandro (FAF)