Yann Rolim diz que CSA não pode deixar vitórias escaparem dentro do Rei Pelé

Com apenas duas vitórias na Série B, Azulão acumula resultados ruins dentro do Trapichão

O começo do CSA na Série B do Brasileiro segue sendo tema de debate na imprensa e entre os torcedores. O 16º lugar, com apenas 14 pontos é preocupante e deixa o time em situação complicada, especialmente se não conseguir o resultado contra o Grêmio, nesta quinta-feira (23).

Contudo, o otimismo ainda é forte, principalmente após a mudança no comando técnico. Com a chegada de Alberto Valentim, a esperança é de bons resultados. O meia Yann Rolim reconheceu a dificuldade que o time terá contra os gaúchos, porém, ressaltou que o CSA não pode deixar de pontuar dentro do Trapichão.

“Vamos ter um jogo difícil pela frente contra o Grêmio e temos que estar preparados. O grupo sabe da responsabilidade que terá durante os noventa minutos e vai com tudo para vencer. Dentro do Rei Pelé não podemos deixar escapar as vitórias. Enfrentaremos uma grande equipe", disse o meia.

Após enfrentar o Tricolor, o Azulão terá duas partidas como visitante. A primeira, em São Luís, contra o Sampaio e, posteriormente, contra o Londrina, no Paraná. Yann falou sobre o objetivo do clube azulino, que visa a uma posição melhor na tabela.

"Temos o objetivo de fazer uma boa sequência nestas próximas rodadas para crescermos na competição. O grupo sabe do seu potencial e vai trabalhar muito para crescer nestas partidas que virão", comentou.

O jogador foi um pouco mais cauteloso na hora de alçar voos maiores. Yann disse que o pensamento é criar gordura em relação à zona do rebaixamento para, só assim, sonhar com algo maior.

"Primeiro, temos que nos afastar de vez do Z4. Precisamos abrir vantagem deste grupo para começar a pensar em outros objetivos. Vamos passo a passo, jogo a jogo, sem ansiedade", finalizou.