Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

William Barbio diz que CRB tem que jogar para vencer e passar de fase

Galo estreia na próxima quarta na Copa do Brasil, contra o Brasiliense-DF, e jogador afirma que não deve atuar com o regulamento debaixo do braço

O CRB estreia na próxima quarta-feira (13) na Copa do Brasil 2019. O Galo enfrenta o Brasiliense-DF, em Brasília, para onde o time viajará amanhã à tarde, e esquece neste momento o Campeonato Alagoano.

Em entrevista coletiva, nesta segunda-feira, no CT Ninho do Galo, o atacante William Barbio falou justamente sobre essa mudança de competições. Lembrou que o jogo com o rival CSA, disputado no último domingo, é passado, e que agora é mudar a chave, se concentrar na partida pela Copa do Brasil.

Leia também

"Agora é trocar a chave, é Copa do Brasil, um campeonato mais importante ainda, porque é um jogo de mata-mata e se perder está fora. Então, a gente vai lá para tentar buscar essa classificação e passar para a outra fase".

Sobre o regulamento da competição, em que um empate fora de casa o time se classifica e uma derrota está fora da competição, Barbio afirmou que é um regulamento que ajuda os times de menor expressão, porque eles têm a chance de eliminar times grandes. "A gente viu muitos times grandes passando sufoco, no caso do Corinthians, do Vasco. Então, a gente tem que estar ligado. Sabemos que o Brasiliense é uma equipe muito difícil, que tem nome no futebol, tem grandes jogadores lá, que já jogaram em times de alto nível. Então é abrir o olho e tomar cuidado", alertou.

Barbio afirmou, ainda, que o CRB tem que fazer o seu melhor em campo e que não deve jogar com o regulamento debaixo do braço, ou seja, não deve jogar pensando no empate. "Temos que estudar a equipe deles, fazer o nosso melhor dentro de campo, para buscar o resultado. Isso é o mais importante. Então, a gente vai se preparar para fazer o nosso melhor", garantiu.

"Se a gente fizer um a zero, o time deles vai ter que sair e já ajuda mais, porque eles vão ter que buscar o resultado. O ruim é se a gente tomar um gol e ter que correr atrás do placar", destacou William Barbio.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas