Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Técnico de handebol do CEO/Olho d’Água das Flores vê modalidade esportiva no Sertão com futuro promissor

Treinador Edmilson Oliveira, o 'Dindo', conseguiu levar o esporte para a cidade e quer investir em atletas locais

E se o Sertão de Alagoas se tornasse uma referência do handebol no Estado, formada apenas por atletas locais? Este é o objetivo de Edmilson Oliveira, treinador da equipe CEO/Olho d’Água das Flores, que estreou no Campeonato Alagoano da modalidade em 2021, na categoria adulto, no último domingo (5).

Vindo da equipe do Ipanema, o comandante, mais conhecido como ‘Dindo’, conseguiu levar a modalidade esportiva ao município com o aval da cidade. Assim, pretende desenvolver, a médio e longo prazo, equipes fortes e competitivas, formadas apenas por atletas locais, e sem deixar de lado a base.

Leia também

Para isso, busca nas escolas atletas juvenis, em formação, como forma de valorizar o esporte local. “O objetivo é se tornar uma referência no Sertão, na modalidade, com atletas, quase em sua totalidade da nossa cidade, porque hoje contamos com jogadores de Santana (do Ipanema), Arapiraca e até de Aracaju. Poder contar com jogadores locais e vindos das escolas, com um trabalho de base, montando equipes Cadetes, Juvenis, até chegar ao Adulto. Este é o caminho”, comentou.


				
					Técnico de handebol do CEO/Olho d’Água das Flores vê modalidade esportiva no Sertão com futuro promissor
Equipe masculina do CEO/Olho D'Água das Flores. Silas Emanuel

Um aspecto positivo é que a iniciativa conta com apoio considerável da Prefeitura da cidade. Em outras palavras, ela é a maior incentivadora do projeto, segundo Dindo, pois está cedendo à equipe ginásio, material de treino e uma quadra de areia para os treinos físicos, e o clube trabalha uma iniciação da modalidade em escolas e para o público em geral.

"A gente recebeu material de jogo e treinamos em um ginásio com dimensões semioficiais e a cidade gostou muito da ideia. Aí começamos a resgatar atletas locais que já não tinham mais tanta oportunidade”, finalizou.

A equipe, formada tanto pelo time masculino como feminino, é a única representante do Nordeste no estadual e serve como prova de como o handebol vem crescendo no município.

Por cauda disso, a Federação Alagoana de Handebol colocou Olho d’Água das Flores como umas das cidades-sede de uma rodada do Alagoano. Além dela, Maceió receberá outras rodadas e as cidades de Arapiraca e Coruripe ainda vão ser confirmadas.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas