Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Sem vencer há quatro jogos, CSA visita o Londrina em busca da reabilitação na Série B

Partida começa às 16h30, no Estádio do Café, neste sábado (16). Seis pontos separam as equipes na segunda metade da tabela de classificação

Londrina e CSA duelam neste sábado (18), às 16h30, no Estádio do Café, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2021. O Azulão é o 13º colocado, com 29 pontos, e o Tubarão o 18º, com 23. A Gazetaweb e o Timaço da Gazeta FM 98,3 vão acompanhar tudo em Tempo Real, com lances e gols.

No retrospecto geral, os alagoanos têm três vitórias seguidas e oito gols, sendo a última no primeiro turno. Gabriel anotou o gol do triunfo aos três minutos de jogo. Já os gaúchos têm um triunfo - na Taça de Prata em 1980 - e sete gols, além de mais um empate.

Leia também

Cenário

As duas equipes chegam para o confronto buscando a reabilitação na competição, para quebrar um jejum de quatro partidas sem vitória. O Azulão soma três derrotas e um empate. Na última rodada, foi derrotado, por 1 a 0, pelo Guarani, em Campinas, no dia do aniversário de 108 anos. Assim, chegou à 7ª derrota - tem quatro vitórias -, nove gols marcados e 12 sofridos, longe de Maceió. Uma campanha oscilante, portanto, com aproveitamento de 36,6%.

Por sua vez, o Tuba obteve dois empates e duas baixas, respectivamente. Contra o Botafogo, no dia 11, foi massacrado, por 4 a 0, fora de casa, e ainda teve o atacante Marcelinho expulso. Assim, desde o começo da Série B, segue entre os últimos seis colocados contra a ameaça de rebaixamento. Grande desafio para o técnico Márcio Fernandes.

CSA

A delegação azulina viajou na quinta-feira (16). Para o compromisso, Mozart Santos conta com os retornos de Renato Cajá, Delattorre e Éverton Silva. O meia deve substituir Marco Túlio, que enfrentou o Bugre. Desta forma, Gabriel poderá atuar no ataque, mas pela direita. Por sua vez, o atacante, recuperado de lesão, vai disputar posição com Bruno Mota, falso 9 no derradeiro jogo.


				
					Sem vencer há quatro jogos, CSA visita o Londrina em busca da reabilitação na Série B
Delattorre chegou no CSA em fevereiro e tem três jogos na Série B. ASCOM CSA

Já Éverton volta à lateral direita, ocupada por Yuri, que vai ajudar no meio de campo, sua posição de origem. Ainda, Cristovam foi liberado pelo Departamento Médico deve ser relacionado. O meia, polivalente e 'mito' Didira, contratado recentemente, está regularizado e pode estrear, atuando na armação.

Por outro lado, o lateral esquerdo Kevyn e o atacante Dudu Beberibe seguem em fase de transição e não foram relacionados. Um dos principais problemas da equipe é concluir jogadas e fazer gols. O ataque tem passado em branco, nos últimos cinco jogos marcou apenas dois gols.

Assim aconteceu quando Ney Franco era o técnico por três rodadas seguidas. Mozart Santos e os jogadores tiveram 11 dias de preparação para este jogo. Uma provável escalação tem: Thiago Rodrigues; Éverton Silva, Matheus Felipe, Lucão e Ernandes; Yuri, Geovane e Cajá (Marco Túlio); Gabriel, Iury Castilho e Dellatorre (Bruno Mota).

Londrina

Há dois meses no comando técnico, Márcio Fernandes tem aproveitamento de 38%, com três vitórias, quatro empates e cinco derrotas. Campanha melhor que a do último treinador, com 23, mas ainda insuficiente para tirar o Tubarão do Z-4. No último compromisso, colocou Dalton no lugar de César, no gol; Elacio Córdoba na lateral direita; Matheus Bianqui no meio; e Gegê no ataque.


				
					Sem vencer há quatro jogos, CSA visita o Londrina em busca da reabilitação na Série B
Campeão da Série C com o Vila Nova, Marcio Fernandes chegou no Londrina em julho. Ricardo Chicarelli/Londrina EC.

Para vencer em casa, disse que vai "dar oportunidades para quem está melhor no momento". Logo, a tendência é que os volantes Jean Henrique e Pedro Cacho substituam Córdoba, que estreou na terça-feira (9), e Tárik, nesta ordem, ao longo da partida. Já Caprini e Gabriel Ramos são os candidatos para substituir, no ataque, Marcelinho, suspenso pela expulsão, e Jhonny Lucas. Ainda, Lucas Lourenço pode entrar no segundo tempo, no lugar do meia Gegê.

Já são 17 rodadas que o Londrina amarga a zona da degola. Mesmo se vencer, não deixa a atual posição, mas pelo menos encosta no Vitória. O time provável deve ter: Dalton; Elacio Córdoba (Pedro Cacho), Saimon, Lucas Costa e Felipe Vieira; (Tárik) Jean Henrique, Jhonny Lucas (Gabriel Ramos), Matheus Bianqui e Gegê (Lucas Lourenço); Caprini e Salatiel.

ARBITRAGEM

Adriano Barros Carneiro (CBF-CE) comanda o trio de arbitragem do Ceará. Ele será auxiliado pelos assistentes Renan Aguiar da Costa (CBF-CE) e Eleutério Felipe Marques Junior (CBF-CE). Já Luiz Alexandre Fernandes (CBF-PR) será o quarto árbitro e Daiane Caroline Muniz dos Santos (CBF-SP) ficará no VAR.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas

X