Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Roberto Fernandes classifica como 'jogo atípico' derrota em casa para o Náutico

Claudinei e Edson Mardden, os menos contestados pela torcida na temporada, erraram nos lances que deram ao Timbu os três pontos no Estádio Rei Pelé

O volante Claudinei e o goleiro Edson Mardden tiveram uma noite infeliz de quinta-feira (14), contra o Náutico, pela 6ª rodada da Copa do Nordeste. Na derrota por 2x1 -a primeira de Roberto Fernandes no estádio Rei Pelé, os jogadores cometeram falhas individuais nos dois gols do adversário e o Galo sofreu o 1º revés na competição.

Em contrapartida, os atletas não tiveram a atuação condenada pelo técnico Roberto Fernandes, destacando a regularidade que os jogadores apresentam em campo desde o início da temporada.

Leia também

"Hoje [ontem] foi um jogo atípico. Se você perguntar quem são os dois jogadores mais regulares do CRB, eu acho que vai ser unanimidade: Mardden e Claudinei. Hoje, eles falharam. Paciência, aconteceu e pronto", falou Fernandes, em coletiva após a derrota em casa.


				
					Roberto Fernandes classifica como 'jogo atípico' derrota em casa para o Náutico
FOTO: Ailton Cruz

A queda diante do time pernambucano foi a primeira sofrida pelo Galo sob o comando de Roberto Fernandes no Trapichão. Com ele, o Galo estava há 13 partidas sem sair de campo derrotado.

"Foi a primeira derrota do CRB sob meu comando em casa. Eram 13 jogos invicto em casa. Acham que nosso time é imbatível? Não. Foi a minha primeira derrota como treinador do CRB aqui dentro do Rei Pelé. No futebol, nenhum time é imbatível, muito menos o CRB", assegurou Fernandes.

Para a partida, o técnico não pôde contar com os centroavantes Zé Carlos e Victor Rangel, vetados pelo Departamento Médico. Para ele, os desfalques foram preponderantes para não conseguir reverter a situação.

"Eles [Claudinei e Mardden] falharam num jogo que não tinha um jogador de poder de fogo no ataque. Não tínhamos nem o Victor Rangel, nem o Zé Carlos. Estou improvisando um jogador de velocidade como 9. Onde que Barbio, Mailson e Sanches jogaram de 9?", indagou.


				
					Roberto Fernandes classifica como 'jogo atípico' derrota em casa para o Náutico
FOTO: Ailton Cruz

Para amenizar a falta do "pivô", a diretoria regatiana buscou Gustavo Balotelli, autor de cinco gols em cinco partidas pelo Juazeirense na temporada. O jogador chega por empréstimo acompanhado pelo volante Patrik, também do time baiano. Ambos deverão ser anunciados oficialmente nos próximos dias.

Mesmo com a derrota, o CRB continua na quarta posição da tabela de classificação do Grupo A, com cinco pontos. Nas próximas duas rodadas enfrenta o Confiança, em Aracaju, e encerra sua participação na fase de grupos contra o Botafogo-PB, em Maceió. O time agora se volta ao Campeonato Alagoano, onde pega o CEO e decide se termina a primeira fase na liderança ou na vice-liderança.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas

X