Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Representantes de Alagoas na Série D, ASA e Murici receberão auxílio financeiro da CBF

Medida faz parte do plano de ajuda a times e federações como medida de combate aos impactos da pandemia do novo coronavírus; alagoanos receberão R$ 120 mil cada

Os representantes alagoanos na Série D irão ter um alívio econômico nos próximos dias. Isso porque a CBF anunciou, no início da noite desta quinta (27), medidas de auxílio financeiro aos clubes do Brasileirão da terceira e quarta divisões. Assim, ASA e Murici irão receber R$ 120 mil cada da entidade.

As dificuldades trazidas pelo novo coronavírus foi o principal fator que incentivou a tomada desta decisão. Além dos 136 times que irão disputar as últimas divisões, também serão auxiliados Federações Estaduais e clubes do Brasileirão Feminino das Séries A1 e A2. Ou seja, a UDA, representante alagoana na Segunda Divisão do feminino também será beneficiada e receberá R$ 50 mil.

Leia também

Porém, os recursos que serão destinados aos clubes só poderão ser gastos para o cumprimento das obrigações com os seus(as) jogadores (as). As agremiações que utilizarem o dinheiro para outra finalidade deverão ser punidos pela CBF. Vale ressaltar que a CBF também oferece ajuda nas despesas dos clubes nas competições, como transporte e hospedagem.

A Federação Alagoana de Futebol irá receber o montante de R$ 120 mil e deverá destinar o recurso para organizações das suas competições. No total, a Confederação Brasileira de Futebol irá investir mais de R$ 19 milhões com as medidas de auxílio.

Estas medidas tomadas pelas CBF também foram feitas na temporada de 2020, onde Coruripe e Jaciobá também receberam doações de R$ 120 mil antes de disputarem a Quarta Divisão. UDA e FAF serão auxiliadas pelo segundo ano seguido.

Na hora certa

A ajuda financeira veio em bom momento para ASA e Murici. Com a pandemia da Covid-19, os clubes buscam equilibrar os gastos para estabilizar as contas às vésperas da Série D.

No lado alvinegro, o auxílio será mais importante ainda. O clube arapiraquense vive uma forte crise, chegou a ter suas contas bloqueadas devido a processos trabalhistas e a atrasar salários de jogadores. Hoje, a diretoria do Fantasma articula um acordo para o pagamento destas dívidas.

Veja como serão divididos os recursos:

Série C (20 clubes): auxílio individual de R$ 200 mil, com um valor total de R$ 4.000.000,00.

Série D (68 clubes): auxílio individual de R$ 120 mil, com um total de R$ 8.160.000,00.

Série A1 do Campeonato Brasileiro Feminino (16 clubes): auxílio individual de R$ 120 mil, com um valor total de R$ 1.920.000,00.

Série A2 do Campeonato Brasileiro Feminino (36 clubes): o auxílio individual de R$ 50 mil, com um valor total de R$ 1.800.000,00.

Federações Estaduais (27 unidades): auxílio de R$ 120 mil, com um valor total R$ 3.240.000,00.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas