Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Reforço do CRB, volante Maicon soma títulos internacionais e nacionais ao longo da carreira

Jogador foi capitão do Grêmio durante seis anos e acumulou títulos da Copa do Brasil e Libertadores

A contratação de Maicon pelo CRB foi bem badalada e não foi para menos. O volante experiente, de 36 anos, rodou boa parte do Brasil, especialmente, em grandes mercados do futebol brasileiro, como São Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. Além disso, o jogador acumula um currículo vasto de títulos importantes, o último deles, uma Libertadores da América, pelo Grêmio.

No Tricolor Gaúcho, Maicon é ídolo. Além de ter sido capitão durante um bom tempo, tornou-se uma peça fundamental no time que foi treinado por Roger Machado e, posteriormente, por Renato Gaúcho. Foi com a chegada de Renato, em 2016, que as coisas começaram a andar. Maicon foi fundamental na conquista da Copa do Brasil daquela temporada, contra o Atlético Mineiro. No ano seguinte, apesar de sofrer com lesões, o volante também foi fundamental no título da Libertadores.

Leia também

Inclusive, o atleta atuou na partida mais importante daquele ano, na final do Mundial de Clubes. Infelizmente, para o Grêmio, os gaúchos foram derrotados por 1 a 0, com gol de Cristiano Ronaldo.


				
					Reforço do CRB, volante Maicon soma títulos internacionais e nacionais ao longo da carreira
Maicon, de pé no lado direito, jogou na final do Mundial contra o Real Madrid, em 2017. Divulgação/Grêmio

No Imortal conseguiu uma grande galeria de título e um marco no coração do torcedor gremista. Ao todo, conquistou uma Libertadores, uma Copa do Brasil, uma Recopa Sul-Americana e quatro Campeonatos Gaúchos.

Maicon também teve uma passagem relevante pelo São Paulo, onde atuou durante quatro anos, entre 2012 e 2015. Apesar de ter tido uma saída minimamente conturbada, o volante teve um papel importante, especialmente na conquista da Copa Sul-Americana, de 2012. No Brasil, ainda jogou por Figueirense, Madureira, Botafogo, Fluminense e Bangu. Ainda teve uma passagem na Europa, com a camisa do MSV Duisburg, da Alemanha.

Polêmica no Gre-Nal

Apesar do histórico de boa disciplina, Maicon se envolveu em uma pequena polêmica em 2018, que bombou nas mídias sociais. Quando ainda atuava pelo Grêmio, o volante foi provocado por Rodrigo Dourado, do rival Internacional, que teria dito que o próprio Maicon tinha fugido do clássico.

Em resposta, Maicon também provocou, e o sucesso da resposta na coletiva foi instantâneo. "Não sei quem é Dourado. Quem é Dourado? Ele ganhou um jogo meu, eu vou refrescar a memória dele. Ele falou que eu fugi do jogo, eu joguei oito clássico aqui [no Grêmio], ganhei três, perdi um e empatei quatro. Onde ele estava nos 5 a 0? Eu estava dentro da Arena", respondeu.

Maicon ainda foi incisivo ao responder o jogador do rival. "Eu não corri, nunca vou correr. Eu ganhei Sul-Americana, Libertadores, Copa do Brasil, Recopa, Gaúcho, Carioca. E Dourado ganhou o quê? Ganhou o que ele para falar de mim?", disse o jogador.


				
					Reforço do CRB, volante Maicon soma títulos internacionais e nacionais ao longo da carreira
Maicon durante coletiva onde respondeu a provocação de Rodrigo Dourado, do Internacional. Reprodução

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas

X