Reeditando final de 2022, ASA e CRB disputam clássico em Arapiraca

Em situações diferentes, alvinegros e alvirrubros seguem de olho na classificação para as semifinais

A quinta rodada do Campeonato Alagoano 2023 vai começar daquele jeito, nesta terça-feira (31). No Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, ASA e CRB disputam um clássico que promete, a partir das 20h30. Este será o primeiro encontro dos clubes desde a disputa do título do Estadual de 2022. Porém, agora o cenário é bastante diferente, para os dois clubes.

Panorama

Diferente de 2022, quem chega com a melhor fase é o Galo. O time regatiano é o último invicto do Campeonato Alagoano e, além disso, é o atual líder da competição com 10 pontos. Isso deixa o CRB com um pezinho nas semifinais, e uma vitória pode definir a classificação para a próxima fase, dependendo de uma combinação de resultados.

Já o ASA está numa oscilação preocupante. Já são três jogos sem vitória e a torcida passou a ficar impaciente. Na rodada passada, o Fantasma perdeu para o Murici, com gol no último minuto, e vê sua vaga no G4 completamente ameaçada. Atualmente, o time arapiraquense está na quarta posição, com apenas cinco pontos e um triunfo.

Galo vem de vitória no Clássico das Multidões, por 3 a 1 - Foto: Ailton Cruz

ASA

A fase do Gigante está muito ruim. A única vitória em 2022 aconteceu na primeira rodada do Alagoano, quando bateu o Coruripe, por 2 a 0. De lá para cá, o ASA empatou com CSA e CSE e perdeu para o Murici, em um roteiro cruel, no final de semana.

A crise dentro de campo vem sendo criticada pelo torcedor, que reclama da falta de constância durante os 90 minutos. Precisando dar uma resposta imediata, o técnico Evaristo Piza precisará mudar a postura o mais rápido possível, já que teve apenas dois dias de treinamentos.

Lídio tem chances de voltar, porém, a dupla de volantes deve ser Fidelis e Everton Heleno. Outra dúvida, porém, está no ataque. Contra o Murici, Piza apostou em Tito e Lúcio Maranhão juntos, e descartando Vitinho.

Gigante deverá ter diversas modificações para enfrentar o Galo - Foto: Ascom/Murici

Na tentativa de trazer uma resposta positiva, o Gigante deve entrar em campo com: Renan Rinaldi; Michel Tiago, Cris Lucca, Fábio Aguiar e Wendell; Fidelis, Everton Heleno (Lídio) e Anderson Feijão; Joãozinho, Lúcio Maranhão (Vitinho) e Tito.

CRB

O clima no Ninho do Galo não poderia estar melhor. O CRB é líder do Campeonato Alagoano, é o único invicto e, de quebra, vem de vitória sobre o maior rival, por 3 a 1, com uma atuação de gala, em pleno Rei Pelé. Porém, a tabela foi cruel com o time regatiano, colocando mais um rival no caminho.

Com o calendário bem apertado, há chances de o CRB poupar alguns atletas, já pensando no duelo com o Náutico, no final de semana. A certeza é que o técnico Umberto Louzer não terá o zagueiro Gum, que foi substituído logo no início do confronto com o CSA. Por isso, é possível que Saimon forme a dupla de zaga com Alemão.

Artilheiro do Alagoano, Renato não deve enfrentar o Coruripe - Foto: Ailton Cruz

Já o atacante Renato, artilheiro do Estadual, com quatro gols, também não deve entrar em campo, por conta da maratona. O provável é que o atacante Jonathan Copete ganhe sua primeira oportunidade entre os titulares.

No mais, outras mudanças pontuais devem acontecer, mas tudo ainda é um mistério. O CRB deve jogar com: Diogo Silva; Hereda, Saimon, Alemão e Luiz Henrique (Guilherme Romão); Falcão (Auremir), Juninho Valoura (Anderson Leite) e Rafael Longuine (Denner); Mike, Jonathan Copete e Anselmo Ramon.

Arbitragem

O dono do apito no clássico será um dos mais experientes do futebol alagoano: Denis da Silva Ribeiro Serafim (FAF). Denis terá ao seu lado Esdras Mariano de Lima Albuquerque (FAF) e Rondinelle dos Santos Tavares (FAF). Já o quarto árbitro será Wiomar Santana de Oliveira (FAF).