Raimundo Tavares deixa departamento de futebol do CSA: "Mas ficarei sempre ajudando"

Setor terá à frente o executivo Herbson Paulino, que já anunciou que apresentação do elenco será no dia 1º de dezembro

Raimundo Tavares não faz mais parte do Departamento de futebol do CSA. Em entrevista ao ge/al, nesta sexta-feira (18), o ex-dirigente azulino anunciou a sua saída do clube e afirmou que quem está cuidando do setor é Herbson Paulino.

"O Herbson é quem está cuidando (do departamento de futebol). Eu tive uma conversa com o Omar (presidente), o Omar contratou ele (Herbson) como executivo, e é ele quem vai ficar. Eu continuo como conselheiro nato, como torcedor, sempre ajudando no que eu posso, mas literalmente fora desse contexto do futebol", disse Tavares, ao ge/al.

Depois de alguns impasses entre ele e a diretoria maruja, Raimundo aceitou o convite para retornar ao futebol do CSA em julho deste ano, durante a disputa da Série B do Brasileiro. Ele tinha voltado ao Azulão com a missão de ajudar e tentar livrá-lo o rebaixamento na Segundona, mas isso não aconteceu.

Tavares também participou de contratações como as dos técnicos Alberto Valentim e Roberto Fernandes, além de jogadores como Canteros, Elton, Lucas Lourenço, Rogério e Jonathan. "Apesar de ficar só como conselheiro, estarei sempre ajudando o clube", destacou.

Com a queda para a Série C e a posterior crise política que se instalou no clube, Raimundo ainda tentou implantar a paz entre o presidente licenciado do Conselho Deliberativo, Rafael Tenório, e o presidente-executivo, Omar Coêlho, que vivem trocando farpas. No entanto, não conseguiu.

Com a saída de Raimundo Tavares e a permanência de Herbson Paulino, algumas decisões já estão sendo tomadas em relação ao planejamento para a próxima temporada. Em entrevista ao repórter Warner Oliveira, da Gazeta FM 98,3, já como executivo azulino, Herbson disse que já começou as atividades nessa quinta-feira (17).

"Começamos basicamente ontem, tivemos uma reunião com o Omar, onde ele nos passou o orçamento. A gente tem uma ideia da necessidade que a gente tem. Temos competições como a pré-Copa do Nordeste, o Alagoano, a Série C. E temos que fazer um time de força e velocidade.", afirmou, acrescentando que já definiu a programação para a próxima temporada e quer apresentar o elenco no dia 1º de dezembro.

A busca por reforços, segundo ele, também já começou no clube e, na próxima segunda-feira (21), alguns nomes já devem ser anunciados. Mas ele observou: "O campo da Série C é muito difícil. Deixamos bem claro as dificuldades, porque o mercado está muito aquecido. No entanto, estamos tendo êxito e na segunda (21) já devemos anunciar algumas contratações".

Sobre jogadores que devem ficar para a disputa da Série C, ele disse que a comissão técnica já vem se reunindo e que alguns atletas já estão sendo sondados. "Estamos em contato com alguns atletas que possam nos ajudar, dentro do planejamento e orçamento que temos. Estamos vendo tudo, tentando montar essa espinha dorsal do time, tentando os contatos, para que a gente não possa errar. Estamos conversando com empresários, por exemplo", revelou.

Quanto ao elenco que fez parte da equipe nesta temporada, ele revelou que já conversou com alguns deles. "Já estamos conversando para ficar e alguns até estão topando reduzir salários para a gente disputar a Série C. O Barcelos, o Rodrigo Rodrigues, vamos manter. Diego Renan também estamos tentando".

Já sobre o meia Gabriel, ele falou: "É um jogador dedicado, impar, mas hoje eu sei que têm clubes da Série A que querem ele. O salário dele hoje é inviável, fizemos uma proposta, mas sabemos que os valores que o clube oferece a ele e o que outros clubes também oferecem se torna difícil a nossa situação".

O executivo de futebol do Azulão informou, ainda, que está buscando jogadores jovens, com qualidades e experiência possível em Série B. "Estamos buscando atletas jovens, mas com perfil de força e velocidade".

Ele encerrou afirmando que a relação dele com Raimundo Tavares segue muito boa e que procura o agora ex-dirigente para falar sobre possíveis reforços. "Sempre procuro o Raimundo nesse aspecto. Conversamos mutio, temos uma sintonia legal, e sempre estou conversando com ele".