Querendo voltar ao G-4, CSE recebe o desesperado CEO em Palmeira dos Índios

Tricolores fazem primeiro encontro na temporada de 2021 com sinal de alerta ligado dos dois lados

Verde, vermelho e branco. Essas cores estarão em evidência neste domingo (28), lá no Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios. A partida entre CSE e CEO acontece às 16h e é válida pela quinta rodada do Campeonato Alagoano, com ambos de olho atento em relação à zona de rebaixamento.

Os tricolores vão chegar em situações distintas, mas podendo terminar a rodada bem juntos na tabela de classificação. Hoje, 3 pontos separam as equipes na tabela de classificação, porém, o CSE fez uma partida a menos que o adversário deste domingo e pode, simplesmente, disparar em relação à zona do rebaixamento; já o CEO precisa vencer para ficar vivo na briga contra o rebaixamento e sair da zona do rebaixamento.

Panorama

O CSE vem em crescimento no Campeonato Alagoano após a estreia com derrota para o Aliança. O time palmeirense conseguiu 4 pontos nos últimos seis que disputou, saindo, de vez, da zona do rebaixamento, que já começava a preocupar o torcedor. O empate em 0 a 0 com o ASA, há duas semanas, foi visto com bons olhos, mas ficou o sentimento de que poderia ter saído com um resultado melhor.

No lado sertanejo da história, a situação tem ficado cada vez mais delicada. O CEO vem de duas derrotas seguidas no Estadual e tem pouco mais que 8% de aproveitamento nas quatro partidas que fez. O time possui a pior defesa e o pior ataque do campeonato, o que reflete, completamente, sua posição no último lugar. Sua última derrota foi bem dolorida. Apesar de jogar em casa, foi superado por 2 a 1 contra o Coruripe.

CSE

O time tricolorido ficou duas semanas sem jogar no Estadual, o que deu muito tempo para Jaelson Marcelino trabalhar a equipe para a partida contra o CEO. Neste período sem jogos oficiais, o CSE não só treinou, mas também jogou. Na sexta-feira (19), o tricolorido encarou o Sete de Setembro-PE em um amistoso no Juca Sampaio. Mantendo o bom momento, os alagoanos venceram por 2 a 1 com gols de Cléber e Gabriel, abrindo uma margem de três jogos sem derrota para o Índio.

Eduardo Bahia é o novo reforço do CSE após passagem pelo Murici - Foto: Ítalo Ramon/CSE

Além de estar numa crescente, o CSE também terá o retorno de Dakson entre os relacionados. O camisa 10 tricolorido já atuou como titular no jogo contra o Sete e pode ser um enorme reforço para o meio-campo. Além de Dakson, o CSE ganha o reforço do zagueiro Eduardo Bahia, ex-Murici. O atleta foi regularizado pelo BID da CBF e tem grande chance de estrear na partida deste final de semana.

Dentre os não relacionados, apenas Cleiton e Romão devem ficar de fora do jogo. Além disso, o atacante Stuart ainda é dúvida. Com isso, Jaelson Marcelino deve mandar o seguinte time para campo: Alex, Renato, Jan Pitter, Cristiano (Eduardo Bahia) e Jackson; Everlan, Maxwell, Cléber (Jupi) e Dakson; Alan e Felipe.

CEO

A corda tem começado a apertar no pescoço do CEO. O time tem um ponto de 12 disputados e amarga a lanterna da competição pela segunda rodada seguida. O time está na mesma situação do CSE, não joga há duas semanas, porém, sua última partida foi uma derrota dentro de casa para o Coruripe. São 3 derrotas em apenas 4 partidas para a Estrela do Sertão.

CEO é o lanterna, com pior defesa, pior ataque e pior aproveitamento do alagoano - Foto: Ailton Cruz

O longo tempo para treinar é o único trunfo aparente do CEO para surpreender na partida fora de casa. Seu único ponto conquistado até aqui foi, justamente, numa partida como visitante. O 0 a 0 contra o Murici na segunda rodada foi o único jogo em que o Tricolor pontuou e, também, não tomou gol nesse Estadual. Contudo, a crise está longe de pairar os céus olhodaguenses, já que, no início da semana, o técnico Janio Fialho pediu demissão do cargo de treinador. Para seu lugar, foi efetivado o gerente de futebol Humberto.

Humberto terá muitas novidades no elenco, por conta de uma renovação do plantel sertanejo; entretanto, a boa notícia é que todos os atletas estão disponíveis para o confronto. Com isso, esta deve ser a equipe do CEO neste domingo: Matheus; Dannyel, Cleriston, Potiguar e Anderlan; Gaspar, Bruno Kabelo e Palhinha; Deda, Andrezinho e Roger.

Com a saída de Janio Fialho no início da semana, Humberto comandou o CEO - Foto: Henrique Martins/CEO

Arbitragem

Márcio dos Santos Oliveira, da FAF, é o árbitro principal do jogo. Marcio terá as assistências de Francisco Raimundo Cunha de Freitas Junior e Carlos Vinicius Pedrosa Cavalcanti. Crislaino dos Santos Nicacio será o quarto árbitro. Este é o primeiro jogo do trio no estadual. Na terceira rodada, Márcio dos Santos recebeu uma nota 7.2 no portal de transparência da Federação Alagoana de Futebol, quando conduziu CSA x CEO.