Presidente da FAF, Felipe Feijó enxerga grande ano para o futebol alagoano

Com exclusividade, presidente da Federação Alagoana conversou com a Gazetaweb

O ano de 2022 já bate à porta dos alagoanos, e, com o novo ano, vem também mais uma temporada futebolística em Alagoas. Com pelo menos três competições estaduais programadas, a temporada promete ser tão grandiosa quanto foi em 2021. Para falar um pouco do que pode vir na próxima temporada, a Gazetaweb conversou com o presidente da Federação Alagoana de Futebol, Felipe Feijó.

Só no primeiro semestre do ano, já estão confirmadas duas competições: a Copa Alagoas e o Alagoano. Inclusive, a Copa terá um novo e inédito formato, dando oportunidade para os clubes que disputaram a Segunda Divisão de 2021.

Falando sobre a expectativa local, o presidente admitiu as dificuldades que existem no futebol alagoano, mas que isso tem sido fortalecido a cada temporada.

"As expectativas são sempre as melhores possíveis. Em âmbito local, temos um campeonato que ainda enfrenta dificuldades, mas que vem se fortalecendo a cada ano. Conseguimos gerar mais recursos e fazer mais investimentos ano após ano, e ano que vem não será diferente, estamos no caminho de consolidação da nossa maior competição", contou Feijó.

Um dos maiores exemplos do sucesso foi a Segundona. Com o título do Cruzeiro, o torneio foi um dos maiores sucessos da categoria em muitos anos, além de ter a participação de sete equipes. Apesar das dificuldades financeiras e estruturais, a perspectiva do presidente é um crescimento da divisão de acesso.

Após título da Segundona, Cruzeiro de Arapiraca vai jogar a 1ª divisão de Alagoas - Foto: ASCOM/Cruzeiro de Arapiraca

"O desafio é manter a Segunda Divisão forte. Estamos trabalhando para mantê-la forte e desenvolvê-la, é fundamental termos duas divisões com um nível legal, e tomamos algumas medidas de ajuste de calendário com esse intuito", disse.

Após um grande ano da dupla CRB e CSA na Série B do Brasileiro, quando conquistaram uma briga pelo acesso até a última rodada, o desafio agora é tornar as outras escolas de Alagoas também muito fortes. Em 2022, CSE e ASA representarão o Estado em campeonatos de nível nacional. Felipe Feijó ainda revelou um interesse empático de CRB e CSA para com os outros times de Alagoas.

"Acho que a consolidação de CSA e CRB hoje é indiscutível, a missão de todo mundo agora é fortalecer os outros. Inclusive CSA e CRB já se colocaram à disposição para contribuir, acho que essa união de todos dará um resultado positivo", revelou.

Felipe Feijó revelou que CSA e CRB podem ajudar outros clubes do Estado - Foto: Ailton Cruz

Já de olho em 2022, o presidente não escondeu a empolgação com o que virá na próxima temporada. Só em 2021 foram sete competições realizadas em Alagoas, dentre torneios profissionais, de base e feminino. Feijó afirmou que acredita que o próximo ano pode superar as expectativas.

"Acho que pode superar sim, estamos buscando melhorar as transmissões, tornar mais interessante para o torcedor, vamos lançar um novo troféu e estamos trabalhando em um aplicativo, entre outras coisas. Vamos buscar fortalecer as outras competições, a Primeira Divisão é o nosso carro-chefe, mas as outras competições estão mostrando que a cada dia possuem mais apelo e mais interesse por parte do torcedor", relatou Felipe Feijó.