Oliveira Canindé aprova atuação do Azulão diante do Penedense

Após nova goleada sobre o Penedense, treinador diz que postura tática do time melhorou, destacando confiança de atletas

Após a goleada imposta sobre o time do Penedense na noite desta quarta-feira (3), no Estádio Rei Pelé, o treinador do CSA, Oliveira Canindé, elogiou a postura do time durante a partida válida pela quarta rodada do Campeonato Alagoano. Para o comandante azulino, a cada jogo que passa, é possível enxergar a evolução tática da equipe maruja.
"Nós tivemos uma postura tática diferente com relação a outras partidas, e foi perceptível que o nosso estilo de jogo encaixou bem contra o Penedense. A equipe se comportou melhor do que em outros jogos, e à medida que o tempo vai passando, os atletas vão ficando ainda mais soltos, o que nos ajuda ainda mais a buscar os resultados que almejamos", avaliou Canindé.
E mesmo tendo sofrido um gol em lance de desatenção da defesa, após 320 minutos sem ser vazada, o técnico do Azulão diminuiu o tento marcado pelo Penedense, afirmando não se preocupar com o espaço de tempo em que a defesa ficou invicta.
"Sabemos que isso aconteceria mais cedo ou mais tarde. Estamos tranquilos quanto a isso. O importante é saber que nossa defesa está muito bem postada dentro de campo e que os atletas têm se doado. Podemos sofrer gols, mas temos a confiança de que o nosso ataque irá marcar", completou.
Canindé ainda aprovou as estreia dos meio-campistas Thiago dos Santos e João Paulo e se disse satisfeito com a atuação do atacante David Dener, autor de dois gols que elevaram sua moral junto ao treinador. Já o primeiro estava no Oriente Petrolero, da Bolívia, e está em fase de readaptação ao futebol nacional, enquanto o segundo veio de empréstimo junto ao Bahia. 

Thiago dos Santos faz sua estreia na goleada azulina sobre o Penedense - Foto: FOTO: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas

"O Thiago é um jogador de grande capacidade técnica. Eu já trabalhei algumas vezes com ele. É um atleta que sempre acrescenta muito ao time. Ele passou algumas temporadas fora do Brasil e está há um tempo parado. Será de grande importância para o grupo quando recuperar a melhor forma. Já o João Paulo é muito ágil, é um jovem de muito futuro. É muito habilidoso e tem personalidade para buscar o jogo. Já o David Dener precisava disso para ganhar mais confiança. É um cara que tem buscado seu espaço dentro da equipe e que nos ajuda muito no dia-a-dia. É admirado por todos dentro do clube", destacou Oliveira.
E o treinador também voltou a enaltecer a presença da torcida azulina no Estádio Rei Pelé, destacando que o apoio "é um combustível a mais à equipe". "Os torcedores se mostraram fieis. Mesmo sabendo que o jogo seria transmitido pela TV, o torcedor compareceu em peso. Isso nos deixa cientes de que nunca estaremos sozinhos. Temos que ser fieis representantes do nosso torcedor dentro de campo", concluiu.