Negociações chegam ao fim e Thiago Rodrigues não renova com o Azulão

Goleiro mascarado foi um reforço gigante para o time azulino em 2021, porém, negociações salariais ficam acima do esperado para a folha salarial do Clube

O goleiro Thiago Rodrigues não deve renovar com o CSA para a temporada de 2022, já que a negociação salarial não foi compatível com a folha salarial da equipe para a próxima temporada.

Reforço importantíssimo para o Azulão neste ano, o defensor mascarado ajudou a colocar a defesa do time alagoano entre as melhores da competição e quase garantiu o acesso à Série A.

Em entrevista, o agente do atleta, Benjamin Rodrigues, disse que: “A nossa prioridade era a permanência dele no clube, visto que Thiago se identifica muito com o clube, a cidade, a torcida, mas, infelizmente, não chegamos a um acerto financeiro.”

O goleiro participou de 40 partidas defendendo a meta do Azulão em 2021. Sendo inclusive um dos principais personagens da conquista do Campeonato Alagoano, pegando dois pênaltis na final contra o rival CRB.

O agente de Thiago ainda comentou o motivo do aumento salarial solicitado pelo jogador durante as negociações. Segundo Benjamin, “o Thiago fez uma temporada em alto nível, com índices elevados em comparação a todas as séries do Brasileiro e era natural que houvesse um ajuste financeiro para o próximo ano. O clube, no ano passado, por conta da pandemia, nos propôs uma redução, nos entendemos e baixamos, mas, agora, não podemos manter o salário do Thiago abaixo daquilo que ele merece.”

Opção para o Azulão:

O goleiro Lucas Frigeri, até então reserva de Thiago Rodrigues, ainda permanece no Azulão, sendo uma opção bastante interessante para complementar a equipe de Mozart para 2022.

Frigeri participou de 8 partidas pelo Azulão em 2021.