Negociação entre CSA e Marcinho esfria após ida de Rodrigo Pastana para o Cruzeiro

Atleta tinha negociações avançadas com o Azulão do Mutange, mas ida de executivo de futebol para a Raposa prejudica tratativas

Parece que a negociação entre o CSA e o meia Marcinho, do Cruzeiro, melou de vez. Segundo o empresário do atleta, a negociação era diretamente feita com o ex-executivo de futebol do Azulão Rodrigo Pastana. Este que, curiosamente, acertou com o Cruzeiro, time do meia. Entretanto, o novo diretor de futebol do CSA, Raimundo Tavares, disse que o nome "está sendo trabalhado".

Em contato com a Gazetaweb, o diretor azulino afirmou que o atleta tem ainda três meses de salário para receber na Raposa, o que pode estar prejudicando a rescisão do atleta com o clube.

Assim como foi noticiado na Gazetaweb, o meia estava perto de rescindir o contrato com o Cruzeiro e tinha o interesse do CSA em sua contratação. Mas, assim como também confirmou o empresário do atleta, a princípio a negociação com o Azulão melou. Com a chegada de Pastana ao time mineiro, é possível um retorno do jogador ao time da Raposa.

O meia de 25 anos chegou ao Cruzeiro em fevereiro deste ano, mas não atuou muito. Foram 12 partidas e apenas um gol marcado. Antes da equipe mineira, o atleta também atuou pelo Sampaio Corrêa, Brasil de Pelotas e Londrina, time que o revelou para o futebol. A último jogo de Marcinho foi dia 9 de maio, na derrota do Cruzeiro, por 3 a 1, contra o América-MG, no Campeonato Mineiro.

Agora, a torcida do CSA só poderá esperar os capítulos desta novela para ver se haverá uma reviravolta ou se o meia irá acertar com outro clube. Porém, o time do Mutange segue em negociação com outras peças. Dois nomes que estão próximos de serem anunciados são o do atacante Yago e o do volante Geovane, ambos do Athletico Paranaense.