Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Narrador após derrota do Remo: "Não é o CRB, o CSA, é um time de Arapiraca"

Toninho Silva, da Rádio Liberal, irritou-se durante narração da derrota do time paraense pela Série C, nessa segunda, em pleno Mangueirão

O ASA surpreendeu a todos em Belém do Pará, na noite dessa segunda-feira, quando voltou a campo pela Série C do Campeonato Brasileiro e conquistou sua primeira vitória na competição nacional, batendo o Remo por 1x0, em pleno Mangueirão. O único gol da partida foi assinalado pelo Jeferson Baiano, aos 18 minutos, quando o atacante deixou sua marca em cabeceio no segundo pau, calando a torcida paraense.

Porém, a derrota do Remo não foi bem digerida até pela crônica esportiva daquele estado. É que o narrador da Rádio Liberal, Toninho Silva, fez um desabafo ao vivo quando a bola ainda rolava, no acréscimos do segundo tempo - o árbitro paulista Antônio Rogério Batista do Prado concedeu cinco minutos para o fim do jogo.

Leia também

"O que chateia é que aqui não é o Fortaleza. A gente não quer menosprezar, mas não é o CRB, não é o CSA, é um time de Arapiraca, pelo amor de Deus. Não dá, cara. Dá vontade de largar isso aqui", disse o radialista, poucos minutos depois de o Remo acertar o travessão do goleiro Thiago Braga.

O narrador chegou a ser interrompido por comentarista da Liberal, que destacou o esforço dos jogadores diante da maciça presença da torcida. "Fazer o que, né? Vamos continuar fazendo o nosso trabalho. A gente lamenta porque somos paraenses acima de tudo. Mas, numa Série C, perder para o ASA, em casa, com o Mangueirão recebendo um público numeroso, numa noite de segunda-feira, em final de mês e sem dinheiro na praça? Não dá", emendou o narrador.

Quanto ao time da casa, o técnico Marcelo Veiga também não poupou críticas. "Isso tem que mudar, senão vamos sofrer a competição toda", afirmou, destacando que o ASA foi feliz em "jogar por uma bola" fora de casa.

Com o resultado, o Alvinegro já é o terceiro colocado no grupo A, com quatro pontos, atrás apenas de América-RN e Fortaleza. O time do técnico Jaelson Marcelino volta a campo na tarde do próximo domingo, quando vai receber o Salgueiro-PE, em Arapiraca.

Na manhã desta terça, a direção do ASA emitiu uma nota sobre o comentário do narrador. Confira abaixo:

A diretoria executiva da Agremiação Sportiva Arapiraquense (ASA), através do seu presidente Hellycarlos Albuquerque, repudia quaisquer atitudes que denigram a imagem do clube alvinegro e do município de Arapiraca.

A diretoria entende que algumas palavras que foram proferidas por membros da imprensa paraense causaram mal-estar e desrespeito ao subestimar os atletas alvinegros e a grandiosa história do ASA construída durante todos esses anos.

O radialista em questão, Toninho Silva, não só menosprezou o clube, como também diminuiu o município de Arapiraca, uma das cidades que mais crescem no Nordeste e no cenário nacional.

O ASA seguirá cumprindo as suas metas quanto ao Campeonato Brasileiro da Série C sem menosprezar e/ou denegrir a imagem de quaisquer clubes do Brasil.

Confira, abaixo, o áudio com trecho da narração:

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Tags

ASA

Relacionadas