Murici se agarra às últimas chances na Série D para encarar o Sergipe

Mesmo se vencer, resultados deste domingo podem eliminar o Verdão da Série D

A abertura da 11ª rodada da Série D será cheia de emoção. De um lado o vice-líder Sergipe, com 18 pontos, que busca a classificação antecipada para o mata-mata. Do outro, o lanterna Murici, que com quatro pontos tenta se agarrar em suas chances remotas de conseguir uma vaga no G4. A partida acontece em Maceió, no Estádio da Ufal, neste sábado (14), às 15h, campo que é bem conhecido pelo técnico Jadson Oliveira.

Panorama

O Murici vai a campo no completo ostracismo da tabela de classificação. O time está segurando a lanterna há algumas rodadas, com apenas quatro pontos ganhos. A distância em relação ao atual quarto colocado, que é o Itabaiana, é de exatos 12 pontos, por coincidência, o Verdão terá apenas mais doze pontos para disputar, tendo que vencer todas as partidas.

O Sergipe vive um ótimo momento. A equipe engatou quatro jogos de invencibilidade e assumiu a vice-liderança, com 18 pontos. Atualmente, são cinco de vantagem em relação ao quinto colocado e apenas quatro atrás da líder Juazeirense. Uma vitória aproxima os sergipanos da classificação.

Murici

Apesar de ter mínimas chances de classificação, o Murici parece estar com o foco em 2022. Alguns jogadores, como no caso do lateral Maykon, que acertou com o Cruzeiro de Arapiraca, já tem acerto com outros clubes. Entretanto, a atuação contra o Itabaiana parece ter agradado, principalmente por mais uma boa atuação de Igor Baiano.

Murici seguiu preparação de olho no Sergipe - Foto: Célio Júnior

Mesmo após ter tido uma semana livre para trabalhar depois que empatou com o Itabaiana, o Murici ainda tem o Departamento Médico recheado. Luan, Cristiano e Rafinha seguem fora, já o atacante Edmar é dúvida, pois ainda tem chances de ganhar condições. Um retorno que pode acontecer é do goleiro Gustavo, livre de suspensão.

Comandados por Igor Baiano, Jadson Oliveira não deve ter surpresas para o confronto, apostando no time que correu atrás do prejuízo contra o Itabaiana: Luiz Fernando (Gustavo); Thiago Tauan, Carlos Henrique, Gabriel e Maykon; Edvaldo, Guêba e Rodrigo Mucuri; Luciano, Waldenrique e Igor Baiano.

Sergipe

Elias Borges parece ter finalmente encontrando o Sergipe ideal, após tantas oscilações. O Gipão não toma gol há quatro jogos e, por coincidência, também não perdeu nessas quatro partidas. O time já tem a segunda melhor defesa do grupo, com apenas seis gols sofridos. A única defesa melhor é da líder Juazeirense, que tomou três.

Apesar do momento bom dentro da competição, Elias Borges tem sérios problemas. Autor de um dos gols sobre o ASA, Ageu está fora por suspensão. Paulo Fernando, Hitalo Rogério e Hiago não viajaram, pois ainda estão no período de transição. A boa novidade é a volta de Brendon, volante que ficou lesionado durante o período de um mês.

Sergipe treinou no Estádio da Ufal, palco do jogo - Foto: Divulgação/CSS

Com apenas um meia ofensivo à disposição, é possível que Elias poupe alguns atletas, já visando ao clássico contra o Itabaiana, na 12ª rodada. Por isso, o Colorado deve ser o seguinte: Igor Rayan; Da Silva, Lazarini, Júlio Pit e Júlio Lima; Ninho (Brendon), Diego Aragão e Doda; Henrique Bahia (Brendon), Paulinho e Luizinho.

Arbitragem

Fledes Rodrigues Santos (CBF-RO), de Rondônia, comandará o apito na partida. Como de praxe na Série D, os dois assistentes e o quarto árbitro serão da federação do time mandante. Nesse caso, os alagoanos Lennon Mccartney Farias Paes (CBF-AL) e Wellington Thiago de Almeida Fontes Nascimento (CBF-AL) estarão com as bandeirinhas. Helder Brasileiro de Aquino (CBF-AL) será o quarto árbitro.