Melhor ataque do Grupo 4 da Série D, Betinho quer CSE sem ser vazado contra o Sergipe

Vindo de dois empates por 3 a 3, Tricolorido quer estancar problema defensivo

Neste sábado (7), o CSE entra em campo pela 4ª rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. O adversário da vez será perigoso, pois trata-se do atual bicampeão sergipano, o Sergipe. Porém, fato é que o Gipão tem um início inferior ao time palmeirense, que é o atual 4º colocado, com três pontos.

O problema é que esses três pontos foram oriundos de três empates. Além disso, o CSE sofre tendo o melhor ataque e também a pior defesa do Grupo 4 da Série D. Com isso, estreando no Estádio Juca Sampaio, o técnico Betinho tentará uma solução para os problemas defensivos.

“A competição tem sido muito equilibrada, com muitos empates, e uma vitória já é um diferencial para pensar em classificação. Vamos buscar o gol porque queremos estes primeiros três pontos que vão fazer as coisas melhorarem bastante. Queremos, de preferência, que nossa defesa passe em branco”, avisa Betinho, que pontua o fato de o CSE ter tomado gols de bolas aéreas desde o começo da competição. “Já vinha acontecendo, trabalhamos isso”.

Com experiência no futebol sergipano, Betinho conhece bem o adversário de amanhã, que tem poucas mudanças se comparado à equipe que disputou o Estadual. Em 2022, Betinho comandou o Lagarto no mesmo Campeonato Sergipano, onde o Sergipe sagrou-se campeão.

“São competitivos, ninguém acha que vai ser fácil, mas em casa nosso torcedor vai nos apoiar. Ele quer seu time com uma postura diferente e isso nós vamos ter em campo”.

A convicção do treinador é por ter jogadores com características de comportamento que ele gosta. “As peças vão de encontro ao que penso de futebol e enxerguei logo essa boa perspectiva. Então, reforçamos esta semana o posicionamento, com muitas repetições e conversas”, disse o comandante, mesmo com as chuvas que obrigaram a mudança de treinamentos na semana. “Esse grupo está motivado”.